Google nega participação da Mozilla em evento de programação

Além da Mozilla, a Tor e a Linux não autorizadas a participar do Summer of Code 2015

O Google não autorizou que Mozilla participe a edição deste ano do seu programa Summer of Code.

O evento é um programa anual do Google que oferece a estudantes recompensas pelo desenvolvimento de projetos open source.

Todos os anos, o Google seleciona “organizações mentoras”, que fornecem os projetos em código aberto que serão desenvolvidos pelos estudantes.

A conferência é vantajosa para os jovens programadores, que entram em evidência no mercado, e também para as empresas participantes, que desenvolvem seus projetos sem custos adicionais.

Segundo um post no blog de Florian Quèze, desenvolvedor da Mozilla, o Google informou a ele que a ausência da empresa não foi resultado de uma falha ou acidente.

“Não aceitar a Mozilla foi uma decisão difícil para eles (…) Esse evento não afeta negativamente nossas chances de sermos selecionados no ano que vem”, escreve.

Mas Quèze revela estar “decepcionado” com a ausência de sua empresa no evento do Google. “Gostaria de lembrar aos estudantes que apesar do Summer of Code ser uma ótima oportunidade para contribuir com a Mozilla, ela não é a única”.

Segundo a lista das “organizações mentoras”, outras empresas importantes do mundo open source também foram barradas: Linux e Tor.