Dólar R$ 3,27 -0,31%
Euro R$ 3,66 0,08%
SELIC 11,25% ao ano
Ibovespa 1,60% 62.662 pts
Pontos 62.662
Variação 1,60%
Maior Alta 9,53% JBSS3
Maior Baixa -1,42% EMBR3
Última atualização 23/05/2017 - 17:20 FONTE

Google leva imagens em realidade virtual para sites e apps

Gigante das buscas passa a permitir desenvolvimento de apps em realidade virtual para iPhones

São Paulo – O Google vai permitir que você veja imagens ou vídeos em realidade virtual em sites e em aplicativos tanto para smartphones com sistema Android quanto para iPhones

Vídeos em realidade virtual podem ser vistos com óculos de realidade virtual, como o Oculus Rift ou o CardBoard, do Google – este último é um produto de baixo custo que usa smartphones como tela. Com imagens bem próximas aos olhos, a ideia é reproduzir a experiência de estar no local do vídeo ou da foto capturada em 360º.  

A nova iniciativa do Google é voltada primeiramente para desenvolvedores que trabalham com a web ou com aplicativos. Chamada VR view, ela permite que esses criadores de conteúdos possam incorporar em suas obras digitais as imagens em realidade virtual de maneira fácil, de acordo com o Google. 

Para a web, a empresa informa que a novidade se trata de uma forma de incorporar os arquivos com um código iframe. O Google torna hoje essa tecnologia open-source e o código dela pode ser encontrado no repositório online Github

VR view: solução do Google para Imagens em realidade virtual leva conteúdos em 360º a sites e apps (Divulgação/Google)

Para apps, o Google oferece a partir de hoje um kit de desenvolvimento para que seja possível criar conteúdos em realidade virtual também para dispositivos com sistema iOS. Antes, somente podia-se criar para os aparelhos que tivessem sistema Android.  

Com o VR view, o Google tenta modernizar a forma de visualizar informações na internet. “Para áreas como viagens, imobiliárias, notícias e entretenimento, esperamos que os VR views incorporáveis sejam uma forma simples e fácil de compartilhar a sua história e construir experiências visuais imersivas e engajadoras que os seus usuários amem”, escreveu Nathan Martz, gerente de produtos no Google, no blog oficial da empresa.

Os internautas ainda devem esperar algum tempo até que possam ver o que os desenvolvedores fizeram com essa nova ferramenta de realidade virtual do Google.