Google lança concurso para ONGs latino-americanas

O "Desafio Google.org" doará mais de US$ 5 milhões a organizações que utilizem tecnologia para gerar impacto social

Cidade do México – O Google lançou nesta quinta-feira na América Latina o concurso “Desafio Google.org”, com o qual doará no total mais de US$ 5 milhões a organizações não governamentais de cinco países da região que utilizem tecnologia para gerar impacto social.

A iniciativa, que se insere na plataforma Google.org – que se encarrega da parte filantrópica da empresa – está aberta a associações de Argentina, Chile, Colômbia, Peru e México, que poderão apresentar suas propostas até 24 de maio, indicou a empresa em um comunicado divulgado no México.

As organizações podem apresentar ideias de novos projetos, mas também ações que já estejam em andamento.

No primeiro período do desafio, um painel de especialistas selecionará três projetos por país, que receberão um importe de US$ 350 mil cada.

Além disso, através do voto popular será determinado qual projeto será o representante de seu país. Os selecionados representarão sua nação em uma grande final regional, que acontecerá na Cidade do México em novembro.

A organização que vencer o concurso levará um prêmio adicional de US$ 250 mil, enquanto que as que ficarem em segundo e terceiro receberão um importe extra de US$ 150 mil e 100 mil, respectivamente.

“Acreditamos que este desafio pode ajudar organizações da região a potencializar seu impacto e ampliar o alcance de seus projetos”, afirmou a diretora da Google.org, Jacquelline Fuller.

O “Desafio Google.org” já foi realizado anteriormente em países como Alemanha, Estados Unidos, Reino Unido, França e Japão.

A vice-presidente do Google para a América Latina, Adriana Noreña, assegurou que a iniciativa é uma amostra do compromisso da empresa para apoiar “inovadores que utilizam a tecnologia para gerar impacto social” na região.

“A tecnologia pode desempenhar um papel fundamental para ajudar a resolver os problemas mais prementes da região”, assegurou Noreña.