Google abre código de software de inteligência artificial

O programa foi criado para funcionar de maneira parecida com o cérebro humano

O Google liberou de graça um software de desenvolvimento de inteligência artificial (IA), chamado TensorFlow. Empregado em serviços como Google Tradutor, Google Fotos e mesmo no motor de busca, o sistema utiliza a tecnologia que faz os computadores desenvolverem a capacidade de “aprender” e se aperfeiçoar à medida que são utilizados.

De acordo com o Google, o programa foi criado para funcionar de maneira parecida com o cérebro humano. Ele processa estruturas complexas de dados por meio de uma rede neural artificial capaz de mapear e reconhecer imagens.

No Google Fotos, a tecnologia ajudou a melhorar o reconhecimento de imagens sem marcação – o programa, por exemplo, consegue identificar automaticamente algumas figuras que as pessoas veem, mesmo que não haja termos associados às imagens.

O TensorFlow pode ser usado em um único smartphone ou até em um conjunto de computadores, dada sua natureza flexível. Em um raro movimento, a empresa liberou o código-fonte do software. Assim, qualquer pessoa pode acessar, editar e compartilhar o código.

A intenção é incentivar a comunidade de desenvolvedores a trabalhar com novas tecnologias de IA e implantá-las em novos serviços. Além disso, o software pode servir como ferramenta padrão utilizada por pesquisadores, o que poderia auxiliar o Google a encontrar bons profissionais.

“Nós vimos o que o TensorFlow é capaz de fazer em primeira mão e achamos que ele pode causar um impacto ainda maior fora do Google.

Esperamos que isso vá permitir à comunidade a troca de ideias mais rápida, por meio de um código funcional em vez de apenas usar métodos tradicionais de pesquisa”, escreveu a empresa em seu blog.