Globo explica por que retirou links no Facebook

Retirada dos links de compartilhamento foi motivada por razões editoriais e comerciais, segundo executivo

São Paulo – Após causarem polêmica com a retirada de links de redirecionamento de todas as suas páginas oficiais no Facebook, no início de abril, as Organizações Globo justificaram motivos editoriais e comerciais para estabelecer a medida.

Em entrevista ao site Meio e Mensagem, Juarez Queiroz, CEO da Globo.com, afirmou que a rede social não impacta de modo decisivo no tráfego de usuários que acessam os sites da empresa. Segundo ele, a audiência proveniente de cliques no Facebook rendia apenas de 1 a 2% do público.

Além disso, como nem todo o conteúdo publicado nas páginas oficiais ficam disponíveis no feed de notícias, as Organizações Globo disseram que isso não era positivo do ponto de vista editorial.

Outro fato que pesou a retirada dos links é a política do Facebook em permitir que anunciantes utilizem filtros capazes de mapear os fãs das páginas com grande audiência.

Para Queiroz, isso poderia permitir que concorrentes da Globo conhecessem o seu público e desviassem a audiência por meio de mídia paga.

Desde que a medida foi anunciada, os usuários que leem as chamadas publicadas no Facebook devem acessar o portal do veículo para ler a notícia completa. Apesar da decisão, a Globo afirmou que não abandonará a rede social.