Dólar R$ 3,27 -0,31%
Euro R$ 3,66 0,08%
SELIC 11,25% ao ano
Ibovespa 1,60% 62.662 pts
Pontos 62.662
Variação 1,60%
Maior Alta 9,53% JBSS3
Maior Baixa -1,42% EMBR3
Última atualização 23/05/2017 - 17:20 FONTE

Fumar maconha às vezes não danifica pulmões, diz estudo

A pesquisa, que foi coordenada por oito médicos americanos, concluiu que 'o uso ocasional e baixo de maconha não foi associado a efeitos adversos para a função pulmonar'

Washington – O consumo ocasional de cigarros de maconha não prejudica as funções pulmonares, segundo estudo publicado no último número da revista científica ‘Journal of the American Medical Association’.

A pesquisa, que foi coordenada por oito médicos americanos, concluiu que ‘o uso ocasional e baixo de maconha não foi associado a efeitos adversos para a função pulmonar’.

Segundo os cientistas, o consumo ocasional, de cerca de duas ou três vezes ao mês, não é prejudicial, ao contrário do uso diário.

Os autores da pesquisa dizem no artigo que ‘a fumaça da maconha contém muitos dos constituintes da fumaça do tabaco’, por isso ficaram surpresos com os resultados do estudo.

A pesquisa foi feita com cinco mil americanos, entre 18 e 30 anos, em cinco cidades diferentes. Os participantes tiveram que responder um questionário sobre o uso da maconha e do cigarro e sobre suas capacidades físicas.

Embora o estudo não aponte uma explicação fisiológica para os resultados, os cientistas afirmaram que os usuários de maconha tragam a fumaça mais profundamente, o que poderia fortalecer os músculos respiratórios.

Os autores lembraram que o relatório não pretende incentivar o uso da maconha.