Facebook Home está próximo de atingir 1 milhão de downloads

Lançada há cerca de um mês, interface do Facebook para smartphones com Android ganha primeira atualização e segue tentando angariar usuários

São Paulo – A interface para smartphones Android desenvolvida pela maior rede social do planeta, Facebook Home, está próxima de atingir a marca de 1 milhão de downloads, segundo números oferecidos pela própria empresa nesta quinta-feira.

De acordo com Cory Ondrejka, vice-presidente de engenharia do Facebook, o número condiz com as expectativas da empresa na ocasião do lançamento da interface há cerca de um mês. Foi colocada no ar hoje na Google Play, loja virtual do Android, a primeira atualização do Home. 

Segundo o site Mashable, a rede social não informou quantos destes downloads correspondem a usuários ativos e enfatizou que, nesta primeira fase, estaria trabalhando para melhorar o engajamento de quem já tem o Facebook Home em seu smartphone.

Atualmente, a interface está disponível a um pequeno número de dispositivos: Samsung Galaxy S III, S4 e Note II, além de dois modelos fabricados pela HTC, One e One X. Além destes smartphones, o Facebook estima que o Home tenha sido baixado de forma não oficial em cerca de 10 mil aparelhos com Android.

Mas enquanto a empresa trabalha em correções para o Facebook Home ao lançar sua primeira atualização, Ondrejka também diz que a equipe está de olho nas críticas deixadas por usuários na Google Play, loja virtual do Android. “Passamos um bom tempo investigando as notas de apenas uma estrela”, disse o engenheiro sobre o sistema de avaliação de cinco estrelas usado por usuários na classificação dos apps.

Apesar da equipe de Mark Zuckerberg divulgar que o crescimento está dentro do esperado, é sempre bom ter em mente que a rede social atualmente conta com mais de 1 bilhão de usuários e que a interface vem colecionando críticas.

O site CNET, por exemplo, lembra que o smartphone lançado junto com o Home, resultado de uma parceria entre Facebook e HTC, teve seu preço drasticamente reduzido nesta semana de 99 dólares para 99 centavos. Um sinal de quem as vendas do aparelho também não estão bem das pernas.