Executivo do Google faz duras críticas ao Windows 10

Vice-presidente de design da empresa disse que sistema funciona de maneira parecida com o Windows XP

São Paulo – Um executivo do Google fez duras críticas ao Windows 10 nesta semana. Matias Duarte, vice-presidente de design e responsável pelo visual do Android, disse que o sistema parece ter sido feito dez anos atrás.

A principal crítica de Duarte é que o novo Windows se comporta como o XP, lançado em 2001, ou seja, 14 anos anos atrás.

“Não sei por que estava tão animado para experimentar uma coisa nova. Isso é basicamente um Windows XP com design flat”, escreveu Duarte em seu perfil no Twitter, onde ainda fez um trocadilho com o nome do sistema: “está mais para Windows 10 anos atrás”.

Entretanto, o executivo reconheceu que a medida da Microsoft de manter o funcionamento do sistema é boa para grande parte dos usuários de computadores. “Estou desapontado porque ele funciona como o XP. Entendo que isso seja bom para muitos, mas não para mim. Se o Android funcionar do mesmo jeito que hoje daqui 10 anos, estarei muito triste”, declarou o vice-presidente de design do Google.

Diversos internautas responderam às críticas de Duarte, alguns concordando e outros condenando sua postura em relação aos sistemas da Microsoft. 

“Isso [o Windows 10] é melhor do que o Chrome OS, que ainda tem que melhorar para ser tão funcional quanto o XP”, afirmou um internauta, criticando o sistema do Google para computadores.

Em resposta à reação pouco receptiva dos seus seguidores, o executivo disse que sempre admirou o que a Microsoft fez com o Windows 8, “tentar mudar o paradigma”. Nessa edição do sistema, a empresa eliminou o Menu Iniciar e priorizou a interatividade por toque.

Duarte já tinha experiência com sistemas operacionais antes de chegar ao Google. Ele trabalhou com o Danger Hiptop e com o WebOS, da Palm – que hoje está nas TVs da LG.

O vice-presidente de design cuida do visual do Android desde a edição 3.0, também conhecida como Honeycomb. Ele é considerado o pai do Material Design, o padrão visual utilizado pelo Google nas versões mais recentes do Android.

Duarte reforçou que suas críticas são direcionadas à forma como o sistema Windows 10 funciona, e não ao seu visual.

A Microsoft não se pronunciou sobre o caso.