Este app quer que você alugue seu carro para ganhar renda extra

Moradores de São Paulo podem usar aplicativo para ganhar dinheiro com carro que está parado na garagem

São Paulo — Você tem um carro na garagem e está precisando de dinheiro? Há alguns aplicativos que oferecem meios para que você alugue seu automóvel para outras pessoas para ganhar uma renda extra. Esse é o caso da Moobie, que lançou seu app em São Paulo recentemente.

A proposta é a seguinte: você cadastra seu carro, espera receber um pedido de aluguel e, quando isso acontecem, deixa-o limpo e com tanque cheio no local combinado com o locatário. O valor que o usuário recebe muda de carro para carro e também pode ser estipulado pelo próprio dono. A Moobie ganha dinheiro nessa conexão entre proprietário e locador, cobrando uma taxa de 20%.

O tempo mínimo de aluguel de um veículo é de um dia e os pagamentos são feitos por cartões de crédito. Não é possível alugar um carro por apenas algumas horas.

Assim como no Uber ou no Airbnb, o usuário avalia o carro e o locatário avalia o locador. Esse sistema de confiança pode eliminar ambas as partes do aplicativo em casos de avaliações muito negativas.

Tamy Lin, fundadora do Moobie, conta que a estratégia da empresa é crescer de maneira que demanda e oferta estejam em equilíbrio para que o serviço possa atender bem aos clientes e as proprietários. Porém, para que isso aconteça, ainda é preciso vencer o receio e a resistência dos brasileiros em entregar o seu carro nas mãos de desconhecidos.

“Faremos isso com transparência sobre a segurança que oferecemos. As locações são seguradas por uma das maiores seguradoras do Brasil. A pessoa nunca precisará usar o próprio seguro”, declarou Lin a EXAME.com.

Ela conta ainda que a Moobie tem processos padronizados para resolver eventuais problemas, como manutenção veicular ou recebimento de multas (neste último caso, os pontos são transferidos para a carteira do locatário).

O Moobie, que está no mercado de São Paulo desde março deste ano, tem mais de 3 mil usuários e seu aplicativo tem versões para Android e iOS.

Concorrência

Fora o Moobie, outras empresas tentam também convencer os paulistanos a alugar seus carros para aproveitar os períodos nos quais eles estão parados na garagem.

A Fleety, de Curitiba, tinha proposta bastante parecida com a da Moobie, cobrando 20% de taxa sobre o aluguel de carros particulares. No entanto, o site da empresa está fora do ar e, ao que tudo indica, ela fechou no final do ano passado, após pouco mais de dois anos de operação. EXAME.com tentou contato com a Fleety, mas não obteve resposta até a publicação desta matéria.

Já a Zazcar oferece o aluguel de carros com preço cobrado por tempo de uso, e não diárias como a Moobie. A companhia tem também pacotes de 12, 24 ou 48 horas. A Zazcar tem apps para smartphones Android e iPhones.

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. hercules kozorosky junior

    Tem a pegcar que está no mercado há muito mais tempo!!! E já expandiu para outros estados!!!

  2. fleety encerrou atividades mesmo…