Aparelhos eletrônicos descarregados serão proibidos em voos dos EUA

Exames de eletrônicos como microcomputadores e smartphones têm como base o temor de que extremistas possam usá-los em novas táticas para atacar aviões

Os dispositivos eletrônicos descarregados e incapazes de serem acionados não serão admitidos a bordo de aviões com destino aos Estados Unidos, informou neste domingo a agência de transporte aéreo (TSA).

“Durante a inspeção de segurança, os agentes poderão pedir que os proprietários liguem seus dispositivos” eletrônicos, destacou a TSA, advertindo que todos os dispositivos eletrônicos serão submetidos à vistoria.

“Os dispositivos descarregados não serão permitidos a bordo do avião. O viajante também poderá sofrer uma revisão adicional”. Os exames de dispositivos eletrônicos como microcomputadores e smartphones têm como base o temor de que extremistas possam usá-los em novas táticas para atacar aviões.

“A TSA continuará aplicando medidas para garantir a segurança dos viajantes nos mais altos níveis”.

Os viajantes que chegam aos Estados Unidos procedentes da Europa e do Oriente Médio têm enfrentado uma férrea segurança aérea diante dos temores de que a rede Al-Qaeda esteja desenvolvendo explosivos indetectáveis.