Criador da Siri apresenta nova inteligência artificial

Criador da Siri quer que nova plataforma seja ainda mais personalizada e abrangente que as concorrentes

Nova York — O co-fundador da empresa que criou a Siri, Dag Kittlaus, apresentou nesta segunda-feira (9), pela primeira vez, o Viv, seu novo software de inteligência artificial.

A demonstração ocorreu ao vivo no TechCrunch Disrupt, evento de tecnologia que acontece ao longo desta semana em Nova York. De acordo com Kittlaus, o Viv tem como objetivo ser um assistente pessoal disponível em qualquer dispositivo e integrado a qualquer serviço.

É uma meta ambiciosa, mas, em menos de dois minutos, o empreendedor solicitou um carro no Uber, reservou um quarto de hotel e transferiu dinheiro para um amigo — tudo isso por meio de comandos de voz em um iPhone.

Para se diferenciar das outras assistentes pessoais, como a Siri, da Apple, e a Cortana, Microsoft, o Viv quer ser ainda mais personalizado que seus concorrentes.

Para isso, aposta no reconhecimento avançado de linguagem natural e na criação de um ecossistema aberto a outros desenvolvedores, para que o usuário possa usar o Viv a partir de qualquer dispositivo e fazer solicitações que envolvam qualquer serviço.

A inteligência artificial do Viv também é capaz de aprender, aos poucos, novos comandos. Em vez de atender apenas a requisições que sigam um determinado padrão, o sistema desenvolve novas habilidades conforme o uso.

Apesar de a demonstração ter sido fluida e ocorrido sem imprevistos, Kittlaus não anunciou quando o Viv estará disponível para uso geral.