Dólar R$ 3,32 0,51%
Euro R$ 3,76 0,11%
SELIC 10,25% ao ano
Ibovespa -0,82% 61.675 pts
Pontos 61.675
Variação -0,82%
Maior Alta 5,67% CSNA3
Maior Baixa -3,90% ESTC3
Última atualização 27/06/2017 - 17:21 FONTE

Conheça o cinema itinerante que funciona com energia solar

A ideia veio da Holanda e já é uma realidade em São Paulo, mas deverá ir para outros estados em 2014. O Cinesolar funciona com luz do Sol com sessões ao ar livre

São Paulo – Que tal aproveitar um filme ao ar livre? Essa é a proposta do Cinesolar, projeto holandês que une arte, sustentabilidade e cinema e já circula no Brasil desde julho. A ideia do Cinesolar é promover cinemas solares em todo o mundo.

Aqui, o projeto passou a existir com a parceira da Brazucah Produções, a Associação Cultural Simbora e a Semearte Prodúctil.

O grupo viaja com um carro equipado com placas no teto, que são capazes de captar a energia solar e transformá-la em energia elétrica. Além disso, o automóvel conta com uma bateria de armazenamento que captura até 20 horas de carga de energia.

“Dentro do carro temos também toda a estrutura para montagem das exibições e apresentações: cadeiras, tela de cinema, sistema de projeção, som e até cabine de DJ. Transformamos qualquer espaço em uma sala de cinema ao ar livre”, diz Cynthia Alario, sócia-diretora da Brazucah Produções e idealizadora do Cinesolar

Por enquanto, a proposta percorre apenas cidades do estado de São Paulo, mas os planos de 2014 são de expansão.

“Iniciamos o projeto em julho deste ano e já fizemos um circuito nos CEUs (Centro EducacionaL Unificado) com apoio da Secretaria de Educação. Reunimos mais de 2.500 pessoas, entre alunos e moradores das periferias da cidade. Também passamos pela cidades de Sorocaba e Sertãozinho, no interior de São Paulo”, afirma Cynthia. 

Como o carro tem a proposta de ser um difusor da cinematografia brasileira, a ideia é alcançar municípios que não têm acesso a salas de cinema.

“Por isso, em 2014 faremos mais um circuito no estado de São Paulo que será patrocinado pelo Instituto Votorantim. E ainda estamos programando passar pela Bahia, em janeiro, e depois seguir para Brasília. A proposta é circular por mais regiões do país em 2014”, ressalta a idealizadora.

A escolha dos filmes exibidos não é aleatória: todos têm relação com a sustentabilidade. “Sempre optamos por filmes que abordem um dos três eixos principais: meio ambiente, social e econômico. E ainda priorizamos o cinema brasileiro, curta-metragens e películas que dialoguem com todos os públicos, da criança ao idoso”, explica.


Outras atividades

“Participamos de um encontro no México, em 2010, quando conhecemos um grupo de holandeses do World Solar Cinema. Eles já realizavam um circuito de cinema itinerante na Holanda e tivemos a ideia de trazer o projeto para a América Latina. Com o apoio da fundação internacional DOEN, conseguimos desenvolver a versão brasileira”, conta Cynthia.

A estrutura é tão grande que, além dos filmes, outras atividades são desenvolvidas com o auxílio do Cinesolar.

O projeto é mais que uma sala de cinema móvel que funciona com energia renovável. É uma estação móvel de arte e sustentabilidade. Além do cinema, optamos por grafitar o carro inteiro e transformá-lo em uma instalação ambulante. Montamos, também, uma mesa de DJ e trabalhamos com outras linguagens artísticas”, afirma ela;

A ideia conta com oficinas de música orgânica, quando são convidados participantes para fazerem instrumentos musicais com material reciclável, e a oficina de Ecografite, onde técnicas de grafite e estêncil são repassadas aos participantes, que fazem tintas com produtos naturais – como café, cúrcuma e beterraba – para pintar um grande painel coletivo.