Cientistas descobrem núcleo de átomo com forma de pera

Pesquisadores usaram um acelerador de partículas e medições de padrões da radiação eletromagnética para identificar o formato

São Paulo – Um grupo de cientistas descobriu um núcleo de átomo com o formato de uma pera. A forma já era prevista na teoria, mas ainda não havia evidência de sua existência.

Tudo que existe no universo é feito de átomos. Por serem muito pequenos, foi preciso usar um acelerador de partículas e medir os padrões da radiação eletromagnética para identificar o formato.

O estudo aconteceu no acelerador Isolde, do Cern, o Centro Europeu de Pesquisas Nucleares. A equipe de cientistas foi lidera por Liam Gaffney e Peter Butler, da Universidade de Liverpool, da Inglaterra.

Até hoje, a ciência só conhecia núcleos esféricos ou ovalados. O formato é determinado pela interação entre as partículas que o compõem, os prótons e os nêutrons. Quando a relação entre essas partículas é bem equilibrada, o núcleo assume suas formas mais típicas e já conhecidas.

A teoria diz que quando os átomos ficam pesados e instáveis, como de alguns elementos radioativos, pode acontecer o núcleo com a forma de pera. Os cientistas usaram na pesquisa em que identificaram o átomo os elementos isótopos de radônio-220 e de rádio-224.

Os cientistas afirmam que a descoberta é importante para a física teórica porque melhora a compreensão da ciência sobre a estrutura dos átomos. Os resultados da pesquisa foram publicados na revista científica “Nature”.