Chicago terá sensores para monitorar sinal de celular

Cidade irá instalar luminária que irá coletar informações sobre iluminação, som, calor, precipitação e vento

São Paulo – A cidade de Chicago, nos Estados Unidos, já conta com uma ampla rede de câmeras de segurança e esse sistema ganhará um reforço no próximo mês com o uso de sensores automatizados.

Por meio de um programa chamado “Array of Things” (Variedade das coisas, em tradução livre), Chicago começará a instalar uma espécie de luminária nos postes de luz espalhados pela cidade e que irão coletar informações sobre iluminação, som, calor, precipitação e vento.

Segundo o jornal Chicago Tribune, os sensores presentes nas luminárias também irão detectar os sinais dos celulares por meio das conexões Bluetooth e Wi-Fi, utilizando essas informações para identificar quantas pessoas estão presentes naquela área.

A decisão vem criando polêmica na cidade, com os residentes temendo que os sensores coletem mais dados do que o estipulado — seria possível, por exemplo, usar essas informações em conjunto com as câmeras de segurança para controlar a movimentação das pessoas.

No entanto, o programa afirma que dados de identificação não serão coletados.

Além disso, de acordo com o site WBEZ, todos esses dados coletados pelos sensores poderão ser acessados publicamente para pesquisa ou mesmo utilizados por desenvolvedores para criarem alguma solução para a cidade.

A organização Urban Center for Computation and Data, responsável pelo programa, afirma que até o final deste ano terão cerca de 50 sensores instalados pela cidade. O objetivo é implantar 400 sensores em alguns anos.