CEF deve ampliar apostas na Mega-Sena pela web

A Caixa Econômica Federal planeja expandir seu serviço de apostas na Mega-Sena pela web, que hoje está aberto apenas aos clientes do banco

São Paulo — A Caixa Econômica Federal (CEF) planeja ampliar seu serviço de apostas na Mega-Sena pela web. Inaugurado em abril, esse serviço está aberto apenas aos correntistas do banco. Mas, segundo a assessoria de imprensa da CEF, o plano é, futuramente, incluir as outras loterias oficiais e oferecê-lo também a quem não é cliente da caixa. A fase atual, em que o acesso é restrito, seria um teste para a futura implantação de um site de loterias para o público geral.

Hoje, o acesso ao serviço de apostas é feito por meio do site da CEF na web. O correntista precisa fazer o login nele, como faria para usar os outros serviços relacionados com sua conta-corrente. Na coluna esquerda, junto com outras opções, aparece a categoria Loterias e, dentro dela, o item Aposte na Mega-Sena. Depois de clicar nele, o usuário precisa confirmar que concorda com as regras do serviço. A aposta, em si, é feita assinalando os números numa imagem do formulário da Mega-Sena. Pela web, podem-se jogar até 100 reais. O preço da aposta é debitado da conta-corrente.

Existem outros sites na web que oferecem apostas em loterias, como o Sorte Online, que, além de jogos avulsos, vende quotas de participação em bolões. Nesse tipo de jogo, o participante concorre junto com outros apostadores. Se o grupo ganhar, o prêmio é dividido. Os pagamentos podem ser feitos por cartão de crédito, boleto ou transferência bancária.

Mas um serviço oficial, da própria Caixa Econômica Federal, tem a vantagem da maior credibilidade. Além disso, pode ser mais barato para o apostador. Hoje, uma aposta simples na Mega-Sena custa R$ 2,00 na CEF. No site Sorte Online, o preço da mesma aposta é R$ 2,90; e é preciso totalizar pelo menos R$ 5,00 (em uma ou mais apostas) por transação.

Reprodução

Para apostar na Mega-Sena no site da Caixa, basta assinalar os números no formulário