Britânicos presos poderão falar com parentes pela internet

A iniciativa, inédita no Brasil, será acessível posteriormente ao resto de presos estrangeiros que cumprem pena em São Paulo, 2.141 no total, segundo comunicado

São Paulo – Os cidadãos britânicos presos em São Paulo poderão se comunicar com seus parentes através de aplicativos para transmissão online de vídeo e voz pela internet, em um projeto piloto apresentado nesta quarta-feira pelo governador Geraldo Alckmin após um encontro com o ministro das Relações Exteriores do Reino Unido, William Hague.

“”Estou muito feliz de testemunhar a assinatura do acordo de cooperação em visitas virtuais em prisões em aliança com o estado, o primeiro dos muitos resultados positivos que ainda chegarão em nosso protocolo de entendimento”, afirmou Hague.

As conversas entre os presos e seus familiares serão realizadas inicialmente pelo Skype sob a supervisão de um agente de segurança penitenciário, que poderá interromper o diálogo no caso de considerar prudente, informou o governo.

A data de início do projeto não foi informada.

Atualmente os presos brasileiros que cumprem pena no Reino Unido têm direito a se comunicar por telefone com seus familiares.