Barulho de drone irrita mais do que carro e caminhão, diz Nasa

Conclusão pode atrapalhar o processo de uso de drones para entregas domiciliares, por exemplo, que vem sendo estudado por empresas como a Amazon

São Paulo – Prepare-se: a cacofonia das grandes cidades deve ganhar cada vez mais um novo elemento.

São os drones, veículos aéreos não tripulados com uso variado que pode ir de missões militares a entregas de produtos.

Mas de acordo com um estudo recente, um obstáculo para a ampliação de seu uso pode ser o seu barulho desagradável.

Andrew Christian e Randolph Cabell, pesquisadores do centro da Nasa em Langley, na Virginia, nos Estados Unidos, tocaram vários tipos de sons para 38 participantes.

Eles não sabiam o que estavam ouvindo e precisavam dar uma nota para os sons em uma escala entre “nada irritante” e “extremamente irritante”.

O resultado: o carro, o caminhão e dois tipos de vans de tamanhos diferentes foram julgados menos irritantes do que os drones, não importa em qual altitude ou velocidade eles eram gravados.

Segundo o estudo, uma hipótese é que as pessoas simplesmente já estão acostumadas com barulhos rodoviários e precisam apenas se familiarizar com o som dos drones.

Mas os pesquisadores apontam que a irritação com o som pode atrapalhar o processo de uso de drones para entregas domiciliares, por exemplo, que vem sendo estudado por empresas como a Amazon.