Apple perde mais de 50% dos consumidores do iPhone em 2016

Fabricantes que vendem celulares mais baratos, como Samsung e Alcatel, tiveram aumento de parcela de mercado no ano passado

São Paulo – O iPhone que você queria comprar no ano passado ficou para depois? Você não está sozinho. De acordo com a consultoria Counterpoint, a Apple perdeu mais de 50% dos seus consumidores no Brasil em 2016.

A parcela de mercado da empresa passou de 8,3% em 2015 para 3,8% no ano passado.

A consultoria aponta a crise econômica que assolou o país em 2016 como principal razão para a redução de compras de smartphones de alto valor, como o iPhone.

Em contrapartida, fabricantes que vendem celulares de menor custo viram sua parcela de mercado aumentar.

A Samsung passou de 40% para 46,7% de 2015 para 2016, em parte, graças a linha Galaxy J. Motorola, na segunda posição no ranking, se manteve com 13% e LG teve queda, passando para a terceira colocação.

Com a queda da Apple e o aumento das vendas de celulares mais baratos, a Alcatel passou a Apple no Brasil. A companhia, que comercializa produtos como o Idol 4, teve parcela de mercado de 5,5%. Em 2015, eram apenas 3,6%.

Com isso, temos o seguinte cenário em 2016:

1º lugar: Samsung (46,7%)
2º lugar: Motorola (12,9%)
3º lugar: LG (12,4%)
4º lugar: Alcatel (5,5%)
5º lugar: Apple (3,8%)
6º lugar: Outras (18,7%)

Segundo levantamento da IDC Brasil, o gasto médio com smartphones no Brasil foi de 962,96 reais no terceiro trimestre do ano passado.

O iPhone 7, aparelho mais recente da Apple, custa a partir de 3.499 reais. O modelo mais barato à venda na loja de Apple no país, o iPhone SE de 16 GB, tem preço de 2.499 reais.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

  1. Bruno Rodrigues de Melo

    Infelizmente o preço é muito alto no Brasil. Devido à carga tributária que pagamos aqui, o preço fica bem alto. Eu gostaria de comprar mas infelizmente R$3.499,00 é muito alto!!!

  2. Isso vai servir de exemplo para a Apple começar a lançar celulares de baixo curso.Não compensa pagar 3 ou 4 mil em um Iphone feito com um celular de 800 posso acessar as redes sociais e tirar uma foto do mesmo jeito.Não compensa pagar muito em um celular que vale mil e 800 ou ate menos

  3. Rodolpho Rosa

    Que matéria ruim… E mal feita… Antes que algum hater ou fã boy critique ou tire conclusões precipitadas, não sou fã da Apple e prefiro Android… Mas é só raciocinar um pouco pra ver que os números apresentados não condizem com a matéria… Não é que a Apple perdeu pros celulares menores… O que houve é que quem possui um Iphone 6 ou 6s adquirido em 2015 não comprou um iPhone 7 em 2016… E a Samsung teve aumento em celulares pequenos pq quem compra celulares de entrada ou intermediários tende a trocar mais rápido porque fica obsoleto mais rápido… A matéria é ruim e tendenciosa porque tentar fazer as pessoas acharem que o cara que comprou um iPhone 6 ou 6s migrou pra um Galaxy J ou A… Quando isso não aconteceria… Pode acontecer… Mas o cara que troca um iPhone 6 por um Galaxy J não é mto esperto… E outra a Samsung ganha espaço por conta dos telefones porcarias… Não curto Apple mas acho idiotice comparar ele com telefones que não são top… Em 2016 a Samsung e a Apple perderam… Ambos foram mal… A Samsung perdeu prestígio pq vendia bombas e a Apple pq disponibiliza um puta hardware mas num sistema capado… Por isso ngm que gosta de celular top trocou seus aparelhos… Por melhor que seja o sete não faz diferença a troca se vc já tem o 6s e pra quem tinha um s6 não tinha pq pegar o sete… Troca o estagiário pq esse aí não faz matéria boa…

    1. Aharon Benny (Madox)

      Acho que a matéria ainda condiz com os fatos porque eu tenho condições de compra um iPhone da mais alta geração, no entanto comprei Motorola, o moto z porque não achei interessante comprar um iPhone onde as informações não podem ser compartilhado com outros de outras marcas assim com também fico amarrado aos seus produtos e não posso migrar ! Ou seja o preço tá alto mas não foi isso que me fez não comprar esse celular apenas não comprei porque não valeria os reais que eu gastaria neste celular!

  4. Por exemplo: dobrar o preço dos produtos, aqui no Brasil, da noite pro dia e dizer que isso é uma política interna de reajuste é IMORAL. So nós, brasileiros, aceitamos isso (alguns não).