Dólar R$ 3,27 -0,54%
Euro R$ 3,65 0,07%
SELIC 11,25% ao ano
Ibovespa 1,36% 64.085 pts
Pontos 64.085
Variação 1,36%
Maior Alta 4,89% RADL3
Maior Baixa -6,09% JBSS3
Última atualização 26/05/2017 - 17:20 FONTE

Aplicativo brasileiro promete ajudar no tratamento da ansiedade

Divã high-tech: no Youper, os usuários são estimulados a enfrentarem seus medos

São Paulo — Pense bem, qual seu maior medo? Contrair uma doença, andar de avião, ir ao dentista ou falar em público? Se você escolheu a última opção, saiba que não está sozinho. Esse é um dos maiores temores da humanidade – maior até que o próprio medo de morrer.

O número de pessoas nem sempre importa, encarar uma plateia enorme ou um pequeno grupo de pessoas para apresentar as suas ideias não é uma missão simples. Aliás, interagir e se comunicar é uma tarefa nada fácil. Recentemente, o Pew Research Center perguntou a mais de 3 mil pessoas quais são as habilidades necessárias para uma criança se desenvolver nos dias de hoje e 90% dos entrevistados respondeu “capacidade de comunicação”.

Pensando nisso, nas limitações da vida de alguém com fobia social e nos inúmeros casos que atendia em seu consultório, o psiquiatra brasileiro José Hamilton Vargou criou, em parceria com o desenvolvedor Diego Dotta, o Youper – um aplicativo para ajudar pessoas com problemas de ansiedade, timidez e fobia social.

O gadget foi construído com base em pesquisas de Terapia Cognitivo Comportamental, uma das vertentes psicológicas mais eficazes no tratamento de ansiedade, e está disponível em inglês e português em versões para Android e IOS com planos semanais de R$25.

Ao contrário da maioria dos apps do gênero, o Youper não é uma conversa de chat em que a pessoa conta seus medos e recebe o retorno de um profissional. Afinal, partindo do pressuposto de que você baixou algo para superar sua dificuldade em se comunicar, a última coisa que você deseja é, de fato, falar com alguém, não é mesmo? Por isso, ele funciona como uma plataforma personalizável em que cada um é testado e estimulado através de dicas e tarefas para bater de frente com suas frustrações.

Quando o usuário baixa o Youper, ele responde um questionário para medir o nível de habilidade social e também escolhe algumas situações que gostaria de se sentir mais confiante:

15398981_1189881507761511_1201210100_o

(Reprodução)

Essa avaliação comportamental segue os parâmetros de um teste de ansiedade social criado na Duke University, nos Estados Unidos. Através dos resultados obtidos nesta fase, os desenvolvedores do Youper perceberam que as circunstâncias mais temidas pelas 11 mil pessoas que já utilizaram o app são: parecer estúpido em algum evento social, fazer uma apresentação para uma plateia e falar com pessoas desconhecidas.

Depois que o usuário cumpre essas duas etapas, vai recebendo atividades para desafiar suas limitações e dicas práticas como treinamentos para respiração e táticas para não cair em pensamentos negativos. De tempos em tempos, a pessoa é convidada a refazer o teste de habilidade social para acompanhar a evolução. Confira o exemplo a seguir:

15387473_1189881491094846_1042161639_o

Estima-se que metade da população mundial tenha algum grau de timidez e que 12% sofra de fobia social, mas menos de 10% delas chegam a ter algum tipo de acompanhamento psicológico ou diagnóstico.

“Falta de informação e alto custo são as maiores barreiras para que essas pessoas superem a ansiedade social. No Youper, como uma ferramenta pessoal podemos estar com o nosso usuário 24 horas por dia, sete dias por semana. Isso é algo muito poderoso para ampliar a resposta a qualquer tratamento. E se o usuário também estiver se tratando com medicamentos e terapia, o aplicativo será mais um aliado de peso”, afirma Dr. José Hamilton Vargas.

Texto publicado originalmente no site Superinteressante.