Amazon lança sistema de contratação de entregador à la Uber

Com novo serviço de entregas, qualquer pessoa poderá ser um entregador da Amazon. Basta ela ter 21 anos e um carro próprio

São Paulo – A Amazon lançou nesta semana o Flex, um serviço que promete sacudir o mercado de envio de encomendas. Apelidado de “Uber de entregas”, ele permite que qualquer pessoa utilize seu próprio carro para entregar compras feitas pelos clientes da Amazon.

E o melhor de tudo isso? O indivíduo é bem pago para fazer isto. Ele pode receber entre 18 e 25 dólares a hora. Além disso, o funcionário pode trabalhar em blocos de duas, quatro ou oito horas e todos os dias da semana.

Ele também pode escolher aonde quer fazer suas entregas. Assim, se ele não quiser trabalhar longe da própria casa, ele pode.

Para ser contratado pela empresa, a pessoa precisa ter 21 anos, um smartphone Android e um automóvel. Além disso, a pessoa também terá que passar por uma verificação de antecedentes criminais.

Outras empresas, como o Uber e o 99 Taxi, fazem o mesmo procedimento antes da contratação. No entanto, o Uber averigua apenas os registros dos últimos sete anos de seus funcionários.

O fato de o app não verificar toda a ficha criminal de seus empregados já causou problemas à empresa. Em agosto deste ano, ela foi acusada de contratar assassinos e ladrões nos EUA. A Amazon ainda não comentou como será seu processo de verificação.

No momento, o Amazon Flex está disponível apenas em Seattle, nos EUA. Porém, segundo a empresa, o serviço chegará em outras cidades norte-americanas (Manhattan, Baltimore, Miami, Dallas, Austin, Chicago, Indianapolis, Atlanta e Portland) em breve.

Além disso, todas as encomendas entregues pelo serviço são apenas para assinantes do Prime Now, um serviço da Amazon que promete entregar os pacotes em até uma hora.