Uber, Cabify ou Televo. Qual é mais vantajoso?

EXAME.com simulou quanto custam, em média, as viagens de cada serviço, em categorias de carros diferentes. Veja os resultados

São Paulo – Em menos de duas semanas, a Uber ganhou duas concorrentes de peso em São Paulo: a espanhola Cabify e a brasileira Televo. As três têm propostas parecidas: transportar pessoas de forma individual, como um táxi, a preços competitivos, por meio de aplicativos. Como escolher o seu?

EXAME.com simulou quanto custam, em média, as viagens de Uber, Cabify e Televo, em trajetos curtos e longos, com e sem trânsito, nas versões com carros simples e top de linha. O levantamento mostrou que a Televo é a mais barata em viagens de até 10 quilômetros, não importa o horário, nem o modelo do carro.

A empresa com preço intermediário é a Cabify, e a mais cara é a Uber. Nessa simulação, a diferença entre os preços da Televo e da Uber chegou a 12 reais, em uma rota de 10 quilômetros em horário de pico, se comparadas as taxas para os carros básicos.

Em viagens mais longas, acima de 15 quilômetros, a Cabify se torna a mais cara à medida que a distância aumenta. A Uber passa a ser a intermediária, e a Televo segue como a mais em conta.

Na pesquisa, a Uber só se tornou a empresa mais barata a partir dos 30 quilômetros, quando comparados os serviços Uber Black e Televo Sedan, os mais caros, com carros melhores. A Cabify, por enquanto, ainda não oferece serviços nessa categoria no Brasil.

Vale lembrar que, por enquanto, a Uber tem uma vantagem: como ainda tem mais motoristas, é provável que o carro chegue mais rápido. Além disso, é a única empresa presente fora de São Paulo,  por ora.

A Televo tem uma desvantagem: seu aplicativo só está disponível, até então, para Androides, mas deve chegar na App Store até o final do mês. 

Veja as comparações completas feitas por EXAME.com, que mostram as diferenças de preço entre a Uber, a Cabify e a Televo, conforme o tamanho do percurso:

Viagem de 5 quilômetros

Categoria básica

Serviço Preço da viagem sem trânsito (R$) Preço da viagem em horário de pico (R$)
UberX 16 21
Cabify 12 12
Televo Pop 10 13

Categoria top de linha

Serviço Preço da viagem sem trânsito (R$) Preço da viagem em horário de pico (R$)
Uber Black 19 25
Televo Sedan 15 21

Viagem de 10 quilômetros

Categoria básica

Serviço Preço da viagem sem trânsito (R$) Preço da viagem em horário de pico (R$)
UberX 30 39
Cabify 27 27
Televo Pop 20 27

Categoria top de linha

Serviço Preço da viagem sem trânsito (R$) Preço da viagem em horário de pico (R$)
Uber Black 39 52
Televo Sedan 30 41

Viagem de 15 quilômetros

Categoria básica

Serviço Preço da viagem sem trânsito (R$) Preço da viagem em horário de pico (R$)
UberX 34 45
Cabify 36 36
Televo Pop 25 34

Categoria top de linha

Serviço Preço da viagem sem trânsito (R$) Preço da viagem em horário de pico (R$)
Uber Black 47 62
Televo Sedan 39 53

Viagem de 30 quilômetros

Categoria básica

Serviço Preço da viagem sem trânsito (R$) Preço da viagem em horário de pico (R$)
UberX 56 73
Cabify 76 76
Televo Pop 51 69

Categoria top de linha

Serviço top de linha Preço da viagem sem trânsito (R$) Preço da viagem em horário de pico (R$)
Uber Black 79 105
Televo Sedan 79 107

Como cada empresa calcula seu preço

Uber

A Uber cobra uma tarifa base em todas as corridas, como uma bandeira de táxi, mais um valor por quilômetro rodado e outro por minuto de viagem. Por isso, o trânsito pode influenciar no preço.

No serviço Uber Black – que só opera com carros sedãs pretos, com banco de couro e até três anos de uso –, o passageiro paga 3,80 reais, mais 0,28 centavos por minuto de viagem e 2,32 reais por quilômetro rodado. O valor mínimo da corrida é de 9 reais, e o passageiro pode estar sujeito ao preço dinâmico, maior do que o normal, quando houver muita demanda.

Já uma viagem de UberX, mais barata, custa 2 reais, mais 0,26 centavos por minuto e 1,40 real por quilômetro percorrido. O preço mínimo da corrida é de 7 reais e também há preço dinâmico.

A Uber ainda oferece o serviço Uber Pool, que permite compartilhar viagens com passageiros desconhecidos que estão no caminho. O valor do trajeto pode ser até 40% mais barato do que o percorrido por um UberX e é calculado por um algoritmo, conforme o horário, o lugar de partida e a rota.

Cabify

Diferentemente das suas concorrentes, a Cabify calcula as tarifas somente com base na quilometragem percorrida. O preço é sempre fixo e independe do trânsito.

A empresa cobra 0,50 centavos para começar a corrida ou 3 reais em horário de pico, mais uma taxa por quilômetro: 2,50 reais em percursos entre 5 e 10 quilômetros, 2 reais em trajetos de até 25 quilômetros e 3 reais em viagens acima de 25 quilômetros. O valor mínimo por viagem é de 7 reais.

No Brasil, somente o Cabify Light funciona por enquanto. Essa categoria é semelhante ao UberX. O aplicativo espanhol está em sete países diferentes e somente em São Paulo no Brasil. As próximas cidades brasileiras na mira da empresa são Belo Horizonte, Brasília, Curitiba, Goiânia, Rio de Janeiro e Porto Alegre. Conheça mais sobre a Cabify.

Televo

O modelo de cobrança da startup brasileira é parecido com o da Uber: há uma tarifa base, mais um preço por quilômetro rodado e outro por minuto de viagem. Os usuários podem pagar com dinheiro.

Na Televo Pop, categoria parecida com a UberX, é cobrada uma tarifa base de 1,90 real, mais 0,23 centavos por minuto e 1,35 por quilômetro. O preço mínimo da corrida é de 7 reais. Esses preços valem para São Paulo e são diferentes para outras cidades, onde o serviço deve inciar em breve.

Já na categoria Televo Sedan, parecida com a Uber Black, a tarifa base em São Paulo custa 3.60 reais. Também são cobrados 0,25 centavos por minuto e 2,25 reais por quilômetro rodadado. O preço mínimo da corrida é de 8 reais.

A startup brasileira também tem outra opção mais barata: a categoria Televo Moto, que funciona como um mototaxi. Veja mais detalhes sobre a Televo.