Sites comparam custo do financiamento imobiliário

Você quer comprar a casa própria, mas não sabe por qual banco financiar? Veja onde é possível comparar as condições

São Paulo – Você economizou e investiu durante um bom tempo e, agora, quer utilizar o dinheiro para dar entrada na compra financiada da casa própria? Calma, é preciso pesquisar muito bem antes de assinar o contrato, já que ele vai representar um casamento com uma dívida durante vinte, trinta anos da sua vida.

A primeira coisa que você precisa estar atento é com o custo efetivo total (CET) de cada operação. Ele representa não somente a taxa de juros do empréstimo que você pretende tomar, mas também todos os custos que serão embutidos nas prestações, como o seguro, por exemplo.

“Os brasileiros geralmente escolhem o crédito pela taxa de juros. Isso é errado. Especialmente no financiamento imobiliário, os bancos podem diminuir a taxa, passando a sensação de um crédito mais barato, mas depois o valor do seguro é bem alto. Por isso é imprescindível comparar o CET”, explica Marcelo Prata, fundador dos sites Canal do Crédito e Resale.com.br.

Uma resolução do Banco Central obriga todos os bancos a apresentar o CET das operações de crédito. “O que o consumidor deve ficar atento é se o banco não está praticando venda casada. Ele pode te oferecer uma taxa de juros menor se você quiser ter outros produtos financeiros além do financiamento, mas o que ele não pode é te obrigar a tê-los para poder liberar o crédito”, alerta Prata.

Saber o CET de cada operação também é importante para ter uma noção de quanto dinheiro você precisará ter para pagar o financiamento, e se isso cabe no seu bolso. “Muitas pessoas dizem que preferem pagar a prestação de um financiamento do que um aluguel, mas só têm 30% do valor do imóvel para dar de entrada. Com esse dinheiro de entrada, as parcelas custarão cerca de três vezes o valor de um aluguel do mesmo imóvel. Não adianta tomar um crédito que você não vai conseguir pagar lá na frente.”

Para ajudá-lo na missão de encontrar o melhor financiamento para sua casa própria, EXAME.com lista abaixo duas plataformas online que fazem a comparação do custo efetivo total de operações de crédito imobiliário em diversos bancos, de acordo com a quantidade de dinheiro que você tem disponível para entrada e o prazo em que pretende pagar a dívida.

Canal do Crédito

O site Canal do Crédito simula o custo do financiamento de imóvel residencial, comercial e de terreno. Para isso, é preciso preencher alguns dados como valor do imóvel pretendido, tamanho da entrada, renda familiar, data de nascimento e cidade onde pretende comprar o imóvel.

A plataforma busca nos cinco maiores bancos do país (Caixa, Banco do Brasil, Itaú Unibanco, Bradesco e Santander Brasil) quais seriam as condições para o empréstimo, de acordo com as suas necessidades. A ferramenta mostra a taxa de juros, o sistema de amortização (SAC ou Price, veja quando escolher cada um), o CET, a primeira e a última prestação e a renda necessária para obter o crédito.

“É importante que o consumidor utilize essas informações como base para sua pesquisa. O ideal é que, ao identificar as opções mais interessantes no site, ele vá até uma agência de cada banco e peça a aprovação do crédito. Pode ser que ele tenha uma nota de crédito muito boa na instituição e, por isso, as condições do financiamento ficam ainda melhores”, diz Prata.

É importante ressaltar que, apesar de fazer a comparação do custo do financiamento imobiliário entre os bancos, o site Canal do Crédito não permite que o usuário contrate o empréstimo através de sua plataforma. Então, após escolher a instituição pela qual pretende financiar seu imóvel, será preciso procurar uma agência do banco escolhido para solicitar a operação.

Melhortaxa

No site Melhortaxa, você também consegue simular os custos do financiamento imobiliário ou do refinanciamento imobiliário, que é o crédito com garantia do imóvel (veja mitos e verdades dessa operação). A plataforma apresenta todas as condições detalhadas, como taxa de juros, CET, seguro e valor das prestações.

Diferente do Canal do Crédito, no Melhortaxa é possível simular o custo da operação também em bancos médios e pequenos. A plataforma utiliza informações de 20 instituições financeiras de todo o país. É importante ressaltar, no entanto, que o financiamento em grandes bancos costuma ser mais acessível, já que essas instituições têm mais facilidade de captar recursos (os bancos públicos, por exemplo, têm linhas de crédito que utilizam recursos do FGTS).

Outra diferença é que no Melhortaxa o usuário pode solicitar o crédito diretamente na plataforma do site, sem precisar procurar, em um primeiro momento, o banco pelo qual pretende tomar o empréstimo. Mas é preciso ficar atento porque em uma consulta direta na agência do banco é possível que você consiga condições ainda melhores do que as apresentadas pelo site.

“É importante ressaltar que todo o processo de comparação é feito gratuitamente. O usuário precisa dessas informações para tomar a decisão e tudo tem que ser feito com calma, com os pés no chão, já que esta pode ser uma das decisões mais importantes da vida dele. Ele vai estar comprometido com esta dívida durante anos”, diz Rafael Sasso, co-fundador do Melhortaxa.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s