Ser bilionário não é tão legal, diz Bill Gates

Em palestra a estudantes, magnata relativizou a capacidade do dinheiro de comprar felicidade

São Paulo – Cofundador da Microsoft e segundo homem mais rico do mundo, Bill Gates afirmou que ser bilionário não é tão legal quanto as pessoas imaginam. Em uma palestra a estudantes da área de tecnologia da universidade de Washington, o magnata relativizou o poder do dinheiro de comprar felicidade.

“Eu posso entender que alguém queira ter milhões de dólares porque há um certo grau de liberdade que acompanha esse fato. Mas à medida que você vai além desses primeiros milhões, eu tenho de lhes dizer que é o mesmo hambúrguer de sempre”, afirmou.

Ele também disse que as pessoas não deveriam sonhar em se tornar “super ricas” e que os bilionários deveriam doar mais dinheiro para a filantropia, assim como fazem Warren Buffett e ele mesmo. O bilionário disse que uma dose de ambição na carreira é “boa”, mas, mais importante ainda, é fazer algo que você adora.