Receita abre consulta ao 5º lote de restituição do IR 2015

Consulta ao 5º lote de restituição do Imposto de Renda 2015 é liberada hoje, mas valores serão creditados apenas no dia 15 de outubro

São Paulo – A partir das 9h desta quarta-feira (07) a Receita Federal abre a consulta ao quinto lote de restituição do Imposto de Renda 2015.

Também estão incluídas neste lote as restituições referentes às declarações dos anos de 2008 a 2014 que estavam na malha fina.

Para saber se a sua declaração foi liberada, basta acessar a página da Receita na Internet e informar o seu CPF, o ano da declaração que você deseja consultar, e o código de segurança. A página que se abrirá em seguida informará se a sua restituição será liberada neste lote, ou se a declaração ainda está na base de dados da Receita Federal, o que significa que a sua restituição deve ficar para os próximos lotes.

O contribuinte também pode checar se está enquadrado neste lote ligando para o Receitafone, pelo número 146. 

A restituição ficará disponível no banco durante um ano. Se o contribuinte não fizer o resgate nesse prazo, deverá requerê-la por meio da internet, por meio Formulário Eletrônico – Pedido de Pagamento de Restituição, ou diretamente no portal e-CAC, no serviço Extrato do Processamento da DIRPF.

O depósito das restituições, para quem tiver Imposto de Renda a receber, será realizado no dia 15 de outubro, na próxima quinta-feira.

No total, 1.233.245 contribuintes receberão restituições referentes à declaração de 2015 neste lote. Ao considerar também as restituições das declarações anteriores, que estavam na malha fina, 1.264.493 pessoas serão contempladas no quinto lote, totalizando mais de 1,5 bilhão de reais em créditos. 

Caso o valor não seja creditado em sua conta corrente, o contribuinte poderá ir a qualquer agência do Banco do Brasil ou ligar para a Central de Atendimento, por meio do telefone 4004-0001 (capitais) e 0800-729-0001 (demais localidades) para agendar o crédito em conta corrente ou poupança, em seu nome, em qualquer banco.

Veja, na tabela a seguir, os valores liberados e a correção aplicada em cada ano:

Ano do exercício Número de Contribuintes Valor (R$) Correção pela Selic
2015 1.233.245 1.414.640.705,57 6,46% (maio de 2015 a outubro de 2015)
2014 17.140 44.390.527,99 17,38% (maio de 2014 a outubro de 2015)
2013 7.001 17.790.674,75 26,28% (maio de 2013 a outubro de 2015)
2012 3.693 11.396.485,40 33,53% (maio de 2012 a outubro de 2015)
2011 2.771 9.629.957,49 44,28% (maio de 2011 a outubro de 2015)
2010 463 1.281.336,32 54,43% (maio de 2010 a outubro de 2015)
2009 128 479.873,09 62,89% (maio de 2009 a outubro de 2015)
2008 52 390.439,39 74,96% (maio de 2008 a outubro de 2015)

Fonte: Receita Federal