Os melhores planos odontológicos para você, segundo a Proteste

Os planos odontológicos podem ser mais baratos do que você imagina. Confira quanto custam e o que cobrem os planos mais completos do país

São Paulo – Não precisa ter dúvidas: em geral, vale a pena contratar um plano odontológico. As coberturas mais completos do país custam barato em comparação aos custos individuais dos procedimentos, segundo uma pesquisa da associação de consumidores Proteste.

Os planos odontológicos analisados pela entidade custam entre 23 reais e 129 reais por mês, enquanto um simples procedimento de limpeza particular em São Paulo custa 111 reais, considerando a tabela dos valores de referência de 2016 para procedimentos odontológicos.

Se você tiver que passar por um tratamento de canal fora do plano, por exemplo, poderá ter que desembolsar 625 reais ou mais. “Pode ser bastante vantajoso contratar um plano, considerando que é recomendado visitar o dentista duas vezes por ano só para fazer limpeza, sem contar algum procedimento”, indica a pesquisadora da Proteste Veronica Dutt-Ross.

O estudo analisou 15 planos odontológicos das maiores operadoras do país que oferecem planos individuais. Além do custo da mensalidade, a pesquisa considerou critérios como âmbito territorial, rede de atendimento, carência, coparticipação e cobertura.

O levantamento também levou em conta o Índice de Desempenho de Saúde Suplementar (IDSS) e o Índice de Reclamação dos Beneficiários de cada plano, calculados pela Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS).

A partir desses critérios, o estudo chegou a uma pontuação na avaliação final. A seguir, você confere a avaliação final de cada plano, ordenada da melhor para a pior, e o custo da mensalidade de cada um:

Empresa/Plano Avaliação final Mensalidade
Dental Uni/Superior 74 R$ 32,90
Uniodonto Campinas/Plano R 73 R$ 63,40
Uniodonto Uberlândia/Básico 1 72 R$ 49,60
Proteste/Inpao Dental Orto Plus (só para associados) 71 R$ 120,87
Uniodonto Goiânia/Uni Light Plus 70 R$ 99,00
Uniodonto São José dos Campos/Branco 69 R$ 62,70
Proteste/Inpao Dental Plus (só para associados) 67 R$ 22,93
Unimed Odonto/Essencial Plus 66 R$ 42,00
Belo Dente/Familiar e individual 65 R$ 41,40
OdontoPrev/Odonto Ideal 65 R$ 41,40
Uniodonto Belém/ Familiar e individual 62 R$ 70,00
Uniodonto Goiânia/Uni Smart 62 R$ 30,00
Uniodonto Paulista/Uniodonto co-participativo 61 R$ 48,00
Uniodonto Goiânia/Uni Quality Plus 60 R$ 60,00
Odonto System/Plano Prevenção e Saúde Integral 51 R$ 29,90

Avaliação por critério

A maioria dos planos não desapontou no critério cobertura, mas alguns precisam melhorar quando o assunto é carência. A seguir, confira as avaliações de cada plano conforme alguns critérios, com notas de 1 a 5:

Empresa/Plano Âmbito territorial Rede de atendimento Coparticipação Cobertura Carência para canal e aparelho
Dental Uni/Superior 3 5 5 4 5
Uniodonto Campinas/Plano R 4 3 5 3 5
Uniodonto Uberlândia/Básico 1 3 3 5 3 5
Proteste/Inpao Dental Orto Plus (só para associados) 4 5 5 5 2
Uniodonto Goiânia/Uni Light Plus 4 3 5 2 5
Uniodonto São José dos Campos/Branco 4 3 5 4 3
Proteste/Inpao Dental Plus (só para associados) 4 5 5 4 2
Unimed Odonto/Essencial Plus 4 3 5 3 2
Belo Dente/Familiar e individual 3 5 5 3 1
OdontoPrev/Odonto Ideal 4 5 5 3 2
Uniodonto Belém/ Familiar e individual 4 3 5 4 1
Uniodonto Goiânia/Uni Smart 3 3 5 2 3
Uniodonto Paulista/Uniodonto co-participativo 4 3 3 4 3
Uniodonto Goiânia/Uni Quality Plus 3 3 5 3 2
Odonto System/Plano Prevenção e Saúde Integral 3 5 2 4 1

Como escolher o plano certo

A Proteste sugere como melhores escolhas o plano Odonto Ideal, da OdontoPrev, e o Inpao Dental Plus, somente para associados da entidade. Segundo a pesquisa, esses planos têm cobertura nacional e um bom custo-benefício.

Para escolher o seu plano odontológico, é importante observar quais procedimentos têm cobertura. Em geral, os planos cobrem consultas, cirurgias orais, obturações, tratamento de canal, radiologia e odontopediatria. Tratamentos de estética e ortodontia costumam ficar de fora.

Também é preciso ter atenção ao período de carência exigido pelas operadoras, que chega a ser de 180 dias, e conferir se o plano tem abrangência nacional.

Em geral, os planos não exigem autorização prévia para se submeter a algum procedimento, mas não reembolsam se você for a um dentista que não integra a rede credenciada. Alguns planos cobram se você faltar à consulta sem avisar.

 

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s