Os fundos DI mais baratos para quem quer ganhar da poupança

Fundos de renda fixa conservadora com taxa inferior a 1% ao ano e acessíveis para o investidor pessoa física são os mais competitivos com a Selic em baixa

São Paulo – Com a Selic a 8%, torna-se ainda mais importante pagar pouco ao investir em um fundo conservador de renda fixa, sob o risco de a caderneta de poupança tornar-se mais vantajosa, mesmo pelas novas regras. Especialistas recomendam que, com esse patamar de taxa de juros, os fundos que investem primordialmente em títulos públicos indexados à Selic não cobrem mais que 1% ao ano de taxa de administração. Mas onde o investidor pessoa física, que investe pequenas quantias, pode encontrar um fundo como esse?

Fundos DI – como são chamados os fundos que investem em papéis indexados à taxa de juros – costumam cobrar altas taxas de administração para o investidor pessoa física, mesmo tendo uma gestão bastante conservadora. Eles aplicam 95% de sua carteira em títulos que acompanham a variação das taxas CDI ou Selic, sejam títulos públicos ou privados, como CDBs. Esses são os papéis mais conservadores que existem – bastante seguros e atrelados à taxa básica de juros da economia.

Apesar disso e de a taxa de administração média dos fundos de renda fixa ser de 0,89% ao ano, muitos fundos insistem em cobrar mais de 2,0%, chegando, em alguns casos lendários, a exorbitantes 4,0% ou 5,0%. Esses fundos mais caros são oferecidos principalmente pelos grandes bancos de varejo, onde muita gente, por comodidade, investe seu dinheiro. Em matéria de liquidez e segurança, os fundos DI se aproximam da poupança, mas a taxa de administração e a cobrança de IR comem os ganhos de tal maneira que esses fundos caros acabam rendendo menos que a caderneta.

Por exemplo, com a Selic atual, um fundo que cobre uma taxa de administração de 4,0% ao ano rende, em 12 meses, apenas 3,14%, enquanto que a poupança, segundo as novas regras de rentabilidade (70% da Selic mais TR) renderia pelo menos 5,54%. Veja outras comparações entre os investimentos de renda fixa conservadora.

Mas nem tudo está perdido. Quem tem pouco dinheiro pra investir já tem algumas opções no mercado com taxa de administração inferior a 1,0% ao ano, muitos deles em corretoras e gestoras independentes. Veja, na tabela abaixo, os fundos destinados aos investidores pessoa física, com aplicação inicial de até 10.000 reais e taxa de administração menor que 1,0% ao ano, segundo os dados da Associação Brasileira das Entidades dos Mercados Financeiro e de Capitais (Anbima):

table.tableizer-table {border: 1px solid #CCC; font-family: Arial, Helvetica, sans-serif; font-size: 12px;} .tableizer-table td {padding: 4px; margin: 3px; border: 1px solid #ccc;}
.tableizer-table th {background-color: #104E8B; color: #FFF; font-weight: bold;}

Nome do fundo Taxa de adm. (% a.a.) Aplicação inicial mínima (R$) Movimentação mensal mínima (R$) Gestor
Itaú Referenciado DI Sovereign FI 0,02% 10.000 Não há Itaú Unibanco
Safra Soberano Regime Próprio FIC FI Ref DI 0,10% a 0,15% 10.000 1.000 Banco Safra
Itaú Soberano Referenciado DI Longo Prazo FI 0,15% Não há Não há Itaú Unibanco
BTG Pactual Master Cash FI Referenciado DI 0,20% 3.000 1.000 BTG Pactual
Santander FIC FI SL Referenciado DI 0,30% 5.000 2.000 Santander
Itaú Private Referenciado DI Exclusive FIC FI* 0,30% 5.000 5.000 Itaú Unibanco
MB Master Referenciado DI LP FIF 0,30% 5.000 1.000 Mercantil do Brasil
Itaú Private Soberano Ref DI LP* 0,30% 10.000 1.000 Itaú Unibanco
Itaú Trustee Soberano Ref DI FIC FI 0,30% 1.000 1.000 Itaú Unibanco
Banif Fi Referenciado DI 0,30% 500 500 Banif
FIC Votorantim Plus Referenciado DI 0,35% 1.000 1.000 Votorantim Asset
Goldstar DI Cash FI Referenciado 0,40% 10.000 1.000 Crédit Agricole
Itaú Private Referenciado DI FIC FI* 0,50% 5.000 5.000 Itaú Unibanco
Rio Bravo Liquidez DI FI Referenciado 0,50% 1.000 1.000 Rio Bravo
Órama Cash FI Referenciado DI LP 0,50% 5.000 3.000 Órama
Banrisul Master FI Referenciado DI LP 0,5% 10.000 100 Banrisul
BNP Paribas Optimum DI FIC FI Referenciado 0,5% 5.000 Não há BNP Paribas
Crédit Agricole DI Premiere FIC FI Ref DI 0,65% 10.000 1.000 Crédit Agricole
Caixa FIC Pleno Referenciado DI LP 0,70% 2.500 100 Caixa
Super Premium Referenciado DI FIC FI* 0,75% 5.000 5.000 Itaú Unibanco
Itaú Basis Super Referenciado DI FIC FI* 0,75% 5.000 5.000 Itaú Unibanco
FI Banestes Vip DI Referenciado LP 0,80% 5.000 100 Banestes
Bradesco FI Referenciado DI High 0,80% 10.000 Não há Bradesco
Coinvalores FIC Ref DI Crédito Privado LP 0,90% 5.000 1.000 Coinvalores

(*) Apenas clientes do segmento Private.
Fontes: Anbima e CVM


Note que existem opções mesmo em bancos grandes, muito embora muitas delas só sejam oferecidas para os clientes do segmento private, como é o caso de alguns fundos do Itaú. A tabela considera apenas os fundos sem exigência de que o investidor seja qualificado, isto é, tenha ao menos 300.000 reais em aplicações financeiras.

Lembre-se apenas de que, para investir por meio de uma instituição que não seja o seu banco, você provavelmente terá gastos com a transferência por meio de TED ou DOC a cada aporte. Isso deve estar incluído no seu planejamento e ainda assim ser vantajoso. Instituições que permitem ao cliente concentrar vários tipos de investimento podem ser vantajosas nesse sentido. 

Infelizmente, porém, a maioria dos fundos de baixa taxa de administração é voltada para investidores de alto poder aquisitivo, ainda que abertos a investidores pessoa física não qualificados. Isso fica claro pelo alto valor exigido de aporte inicial, que chegam a alguns milhões de reais.

É possível pesquisar todos os fundos de investimento, de qualquer modalidade, por meio da ferramenta de busca de fundos da Anbima, disponível em EXAME.com. Lá é possível buscar fundos por nome, taxa de administração, tipo de fundo, gestores, entre outras variáveis. É possível gerar listas de fundos que se encaixem nos critérios desejados e comparar até cinco fundos por vez. Para mais detalhes sobre cada fundo, como Prospecto, Regulamento e carteira, basta usar a busca de fundos no site da Comissão de Valores Mobiliários (CVM).