Aguarde...

Regras | 20/02/2013 09:00

Veja os novos limites de deduções na declaração de IR 2013

Veja quanto é possível deduzir sobre cada tipo de gasto realizado em 2012 na declaração do imposto de renda de 2013

Stock.xchng

Calculadora e caneta

Deduções de gastos valem apenas para quem opta pela declaração completa do imposto de renda

São Paulo – Foram divulgadas nesta terça-feira (19/02) as regras para a declaração do Imposto de Renda da Pessoa Física (IRPF) de 2013. Além do prazo para declaração e das obrigatoriedades de entrega, foram também anunciadas as mudanças sobre os gastos dedutíveis.

Para quem optar por fazer a declaração simplificada do imposto de renda, o percentual de desconto sobre a renda tributável continua sendo de 20%, mas o limite passou de 13.916,36 reais para 14.542,60 reais. Nesse caso, o abatimento de 20% substitui todas as deduções. 

Já os contribuintes que optarem por fazer a declaração completa do imposto de renda devem relacionar todos os gastos dedutíveis.

Veja a seguir os limites de dedução válidos para a Declaração de Ajuste Anual de 2013:

Dependentes

O valor de desconto por dependente subiu de 1.889,64 reais em 2012 para 1.974,72 reais em 2013.

Educação

O limite para abatimento de gastos com educação passou de 2.958,23 reais para 3.091,35 reais em 2013.

Segundo o professor de ciências contábeis da Trevisan Escola de Negócios, José Geraldo Basante, dentro dos gastos com educação podem ser incluídas todas as despesas com ensino infantil, fundamental, médio, técnico e superior. “Os gastos que excederem o limite de dedução entram na coluna 'pagamentos efetuados'. Eles não serão deduzidos, mas devem ser declarados porque a Receita faz uma amarração de todas as despesas que o contribuinte teve no ano”, diz.

Saúde

Os gastos com saúde continuam a ser abatidos integralmente, sem limite de desconto. Entre as despesas que podem ser deduzidas incluem-se os gastos com plano de saúde, pagamentos a médicos, dentistas, psicólogos, exames e próteses ortopédicas e dentárias.

“Esses gastos podem ser deduzidos desde que o contribuinte tenha algum tipo de recibo que comprove a despesa e que mostre o CPF do profissional ou CNPJ da empresa que recebeu o pagamento”, explica Basante. 

INSS e pensão alimentícia

As contribuições para o INSS e com pensão alimentícia também continuam sem limite de dedução.

Comentários  

Editora Abril

Copyright © Editora Abril - Todos os direitos reservados