Aguarde...

Rendimentos | 14/09/2012 16:05

Resista ao iPhone 5 e ganhe muito mais após investir o valor

Veja como os valores do iPhone 5 renderiam se fossem investidos em diferentes aplicações

Apple / Reprodução

iPhone 5, da Apple

iPhone 5: Se o valor equivalente ao iPhone de 64 GB fosse investido em ações da Ambev há 10 anos, o retorno seria de mais de 10.000 reais

São Paulo – Os preços iniciais do iPhone 5, anunciados no site da Apple, são de 199 dólares pela versão 16 GB, 299 dólares pela de 32 GB e 399 dólares a de 64 GB. Para quem conseguir resistir à euforia em torno do aparelho, ou não fizer questão por já ter um celular semelhante, e quiser investir os valores do novo iPhone, os retornos podem ser de mais de 10.000 reais, o equivalente à entrada de um carro, no longo prazo. 

Segundo o consultor financeiro Mauro Calil, com o valor de tabela do iPhone 5 mais barato, de 199 dólares é possível investir em cerca de 85% das aplicações disponíveis no mercado. “Em um investimento de dois anos, não é difícil encontrar aplicações menos agressivas que rendam 0,5% ao mês com um valor de 199 dólares”, afirma.

Abaixo são apresentadas simulações de rendimentos obtidos ao investir o valor de um iPhone em diferentes aplicações, em um prazo de dois anos. Para a comparação, os valores usados são os anunciados pela Apple, uma vez que os preços que serão praticados no Brasil ainda não foram divulgados. Ainda que os valores do iPhone vendidos aqui normalmente superem os valores do smartphone nos Estados Unidos, usando valores mais baixos é possível avaliar quais seriam as aplicações possíveis, mesmo que o comprador conseguisse adquirir o celular pelo seu valor de tabela.  

E para facilitar a análise, as simulações consideram o câmbio do dólar a 2 reais e as aplicações utilizam como base a taxa Selic atual, a 7,5%.

iPhone na poupança

A poupança, por exemplo, com a taxa Selic a 7,5% rende ao mês 0,42%. O equivalente a um rendimento de 11,20% em um prazo de dois anos. Com 400 reais iniciais (vamos usar esta aproximação do o valor do iPhone de 199 dólares para facilitar as simulações), o valor retornado seria de 42,68 reais. As vantagens da poupança são que o investimento é isento de Imposto de Renda e o valor pode ser resgatado a qualquer momento. No entanto, para prazos acima de seis meses, seu rendimento perde para o de outras aplicações, no atual patamar da taxa básica de juros. 

IPhone em CDBs

Tomando como exemplo um CDB que pague 80% do CDI, se o Iphone de 400 reais for “aplicado”, o investidor teria um rendimento de 10,13%, ou um retorno de 40,51 reais. Já se o CDB pagar 90% do CDI, o rendimento em dois anos seria de 11,47% e o retorno seria de 45,89 reais. Com 100% do CDI, o rendimento seria de 12,84% e o montante totalizaria 451,36. Esses seriam os rendimentos obtidos, já descontando o Imposto de Renda, que no prazo de dois anos é tributado à alíquota de 17,5%.

Vale observar que existem bancos grandes que permitem a aplicação em CDB com valores mínimos de 100 reais, mas nestes casos a remuneração pode não superar uma remuneração acima de 90% do CDI. Como no caso do HSBC e Santander, que permitem aportes mínimos de 100 reais, mas remuneram a 80% do CDI. O mais comum é que os bancos grandes tenham valores mínimos de investimento em CDB de 500 reais e 1.000 reais. Já no Banco Sofisa, que é um banco médio, por exemplo, é possível investir a partir de 1 real e ter taxas de 100% do CDI.

Comentários  

Editora Abril

Copyright © Editora Abril - Todos os direitos reservados