Dúvida do internauta: Gostaria de saber a partir de qual valor posso começar a investir em fundos imobiliários e se é necessário abrir uma conta em uma corretora?

Resposta de Arthur Vieira de Moraes*:

Fundos de investimento imobiliário (FII) são acessíveis a investidores de qualquer porte. O investimento mínimo em qualquer FII negociado na bolsa é de uma cota, portanto basta ver o valor de face para saber qual o aporte mínimo para começar a investir nos fundos que te interessam. Há desde fundos cotados a menos de 2 reais até fundos cotados a 4.500 reais.

No entanto, existem custos para comprar, vender e manter as cotas. Isso porque, respondendo sua segunda pergunta, é necessário ter conta em uma corretora de valores para poder investir nos FII. Ao comprar e vender cotas é preciso pagar corretagem e emolumentos. A corretagem é cobrada pelos serviços da corretora enquanto os emolumentos são cobrados pela própria BM&FBovespa. Esses valores são acrescidos ao preço pago pelas cotas ou diminuídos do valor da venda.

A corretagem é livremente estabelecida por cada corretora, algumas cobram valores fixos por ordem executada e outras cobram um percentual sobre o valor negociado. Os emolumentos são cobrados pela BM&FBovespa sobre o valor negociado, sendo 0,0325% para os fundos negociados na bolsa e 0,074% para os fundos negociados em mercado de balcão organizado (cujo código termina em B). Esse valor é o mesmo em todas as corretoras.

Além desses custos operacionais, há cobranças mensais de taxa de manutenção e custódia. A BM&FBovespa cobra de todas as corretoras 6,90 reais por mês por cada cliente a título de manutenção de conta. Algumas corretoras não repassam essa cobrança aos seus clientes, outras cobram valores maiores como 10 reais por mês, por exemplo. Cada corretora é livre para cobrar o valor que quiser.

A taxa de custódia, também cobrada pela BM&FBovespa, é um percentual sobre o montante total de ativos de cada investidor, mas só é cobrada de quem possui mais de 300 mil reais, conforme a tabela abaixo:

de R$ 300.000,01 a R$ 1.000.000,00 0,0130%
de R$ 1.000.000,01 a R$ 10.000.000,00 0,0072%
de R$ 10.000.000,01 a R$ 100.000.000,00 0,0032%
de R$ 100.000.000,01 a R$ 1.000.000.000,00 0,0025%
de R$ 1.000.000.000,01 a R$ 10.000.000.000,00 0,0015%
a partir de R$ 10.000.000.000,01 0,0005%

Portanto, é possível começar a investir em FII com qualquer valor, mas note que os custos para negociar e manter suas cotas podem inviabilizar quantias muito pequenas. 

Escolha a corretora que ofereça serviços de qualidade com bons custos e que melhor atenda as suas necessidades. No site da BM&FBovespa você encontra uma lista de todas as corretoras.

*Arthur Vieira de Moraes é advogado e agente autônomo de investimentos. Tem 34 anos e atua profissionalmente no mercado de capitais desde 1999.

Dúvidas, críticas ou observações sobre esta resposta? Deixe um comentário!

Envie outras perguntas sobre fundos imobiliários para seudinheiro_exame@abril.com.br. As perguntas selecionadas serão respondidas por especialistas.

Tópicos: Aplicações financeiras, Aplicações, Fundos de investimento, Fundos imobiliários