Os principais alvos de julho

S%26atilde;o Paulo %26ndash; No ranking dos 10 carros com maior frequência de roubos do mês de julho, o Fiat Ducato aparece no topo da lista, com 51 unidades roubadas no mês, entre uma frota de 52.780 carros, o equivalente a um carro roubado a cada 10.000 circulantes. A Fiat é a montadora que mais aparece na lista: cinco dos 10 carros do ranking são da Fiat, sendo que 4 deles ocupam as quatro primeiras posições.

O ranking da CNSeg (Confederação Nacional das Empresas de Seguros Gerais) mensura a quantidade de roubos de cada modelo em relação ao tamanho da frota circulante. Assim, os modelos que têm mais carros circulando não aparecem sempre como os mais roubados, mas sim os carros que de fato são roubados com mais frequência. O que pode explicar um Ducato no topo da lista e um Gol fora do ranking.

Claudio Royo, sócio da Economizenodeguro.com, site do grupo Brasil Insurance, explica que entre os carros da Fiat que aparecem na lista, os utilitários são mais roubados pelo maior desgaste e pela maior exposição a riscos (por serem mais usados para trabalho) e o restante tem alta frequência de roubo porque suas peças são caras em relação aos seus valores de mercado. “Os roubos sempre estão muito relacionados ao custo de reposição da peça de cada carro, quanto mais caras, mais elas vão ser buscadas no mercado paralelo e mais roubado o modelo vai ser”, diz.

Um total de 20.017 carros foram roubados entre os 47.371.469 que circularam pelas ruas no mês de julho, ou 4,2 carros a cada 10.000 veículos circulantes. A frequência de roubos, de 0,042%, foi a mesma verificada em junho, quando 19.987 foram roubados em um universo de 47.275.197 carros. Clique nas fotos acima e confira os carros que aparecem na lista de julho e por que eles estão entre os mais roubados. 

Tópicos: Carros, Autoindústria, Veículos, Carros mais roubados, Guia de Carros, Chevrolet, GM, Chevrolet Meriva, Fiat, Fiat Fiorino, Fiat Idea, Fiat Punto, Montadoras, Peugeot, Empresas, Peugeot Citroën, Empresas francesas, Renault, Renault Mégane, Renault Sandero, Volkswagen, VW SpaceFox