Aguarde...

Crédito | 07/03/2011 07:00

Bradesco cobra o menor juro para antecipar IR

Especialista diz que essa modalidade de crédito deve ser usada para substituir dívidas mais caras

Germano Lüders/EXAME.com

Agência do Bradesco

Bradesco: juros mínimo de 2,45% são os mais baratos para a antecipação da restituição do IR

São Paulo – Iniciado o período de entrega de declaração do Imposto de Renda 2011, começa também a oferta de linhas de crédito que adiantam o dinheiro que será recebido na restituição. Para quem está com o orçamento apertado, a grande vantagem em tomar o empréstimo está nos juros da operação. As taxas se equiparam às do consignado, de longe a modalidade de crédito mais barata do mercado para financiar despesas de pessoas físicas.

Dentre as seis instituições pesquisadas por EXAME.com, o Bradesco é o que cobra os melhores juros para o consumidor. As taxas prefixadas variam de 2,45% a 3,38%, sendo que as condições mudam em função do tamanho do empréstimo e do tipo de relacionamento do cliente. Quem recebe o salário no banco, por exemplo, pode antecipar até 100% do valor da restituição. Para os demais correntistas, é possível receber de 65% a 80% do benefício. Nos dois casos, o adiantamento está limitado ao valor máximo de 20.000 reais.

Confira as características da antecipação da restituição nos seis grandes bancos brasileiros:

Instituição Taxa (% ao mês) Valor do adiantamento Prazo de contratação
Bradesco 2,45% a 3,38% De 65% a 80% da restituição para correntistas em geral e 100% para os que recebem salário no banco. Empréstimo limitado a 20.000 reais 31/dezembro
Caixa Econômica Federal A partir de 2,59% De 610 a 30.000 reais, limitados a 90% do valor da restituição 31/dezembro
Itaú A partir de 2,60% A partir de 500 reais 31/outubro
Banco do Brasil 2,96% para operações entre 5.000 e 20.000 reais e 3,36% para operações de até 5.000 reais De 100 a 20.000 reais, limitados a 80% da restituição para correntistas em geral e 100% para os que recebem salário no banco 30/novembro
HSBC 2,99% De 300 reais a 100% do valor da restituição 10/junho
Santander A partir de 3,29% De 100 reais a 100% do valor da restituição 31/outubro

Em comum, todos os bancos só liberam o empréstimo para os consumidores que forem correntistas. A possibilidade de cobrar bem menos pela restituição do IR se assenta na garantia de receber o empréstimo, já que a quitação da dívida é feita assim que o dinheiro é depositado pela Receita na conta indicada pelo contribuinte no momento da declaração.

"Com o adiantamento, o cliente conta com um recurso antecipado em um período de grande concentração de gastos, que é o primeiro trimestre", diz Rogério Braga, diretor de produto pessoa física do Itaú. "A modalidade também permite que ele se programe, já que o pagamento do crédito tem data certa."

Comentários (0)  

Editora Abril

Copyright © Editora Abril - Todos os direitos reservados