Aguarde...

EVento | 20/03/2014 14:13

BC e empresas promoverão semana de educação financeira

A primeira edição da Semana Nacional de Educação Financeira, que será realizada de 5 a 9 de maio, foi lançada nesta quinta-feira, 20, no Rio

Mariana Durão, do

Dado Galdieri / Bloomberg

Comércio: mulher conta dinheiro de Real na carteira

Mulher conta dinheiro: "A educação financeira é um pilar fundamental para o desenvolvimento do país", disse o presidente da CVM Leonardo Pereira, hoje à frente do Conef

Rio - O Brasil terá, no mês de maio, uma semana de eventos focada na difusão de iniciativas de educação financeira.

A primeira edição da Semana Nacional de Educação Financeira, que será realizada de 5 a 9 de maio, foi lançada nesta quinta-feira, 20, no Rio, pelo Comitê Nacional de Educação Financeira (Conef).

O Conef é formado pelo Banco Central, pela Comissão de Valores Mobiliários (CVM), Previc, Susep, Anbima, BM&FBovespa, Febraban, Confederação Nacional das Empresas de Seguros (CNSeg) e pelos ministérios da Fazenda, Educação, Previdência Social e da Justiça, e, entre outras coisas, estabelece diretrizes e objetivos para a Estratégia Nacional de Educação Financeira, lançada pelo governo em 2010.

"A educação financeira é um pilar fundamental para o desenvolvimento do país", disse o presidente da CVM Leonardo Pereira, hoje à frente do Conef.

Segundo Pereira, essa será a primeira mobilização nacional pela educação financeira, movimento que na visão das entidades pode contribuir para a eficiência e solidez do sistema financeiro nacional, aumento da poupança nacional e tomada de decisões conscientes pelos consumidores.

Serão ao menos 60 eventos, entre virtuais e presenciais, em todo o País, inclusive cidades do interior. O site do evento - www.semanaenef.gov.br - traz a programação detalhada, orientações educativas e também explica como pessoas físicas e jurídicas podem se engajar.

Em abril, a Associação de Educação Financeira do Brasil (AEF-Brasil) vai divulgar o primeiro Mapeamento Nacional das Iniciativas de Educação Financeira. O levantamento, feito com instituições e a sociedade civil, aponta um aumento desse tipo de iniciativa desde 2010. As informações sobre essas iniciativas ajudarão na tomada de decisões estratégicas para a ENEF.

A ENEF prevê que, entre os anos de 2014 e 2015, o programa de Educação Financeira nas Escolas, realizado com o Ministério da Educação, chegará a 3 mil instituições de ensino.

Comentários (0)  

Editora Abril

Copyright © Editora Abril - Todos os direitos reservados