Aguarde...

04/04/2007 12:38

Atmosfera suspende oferta inicial de ações

Empresa alega cenário desfavorável para cancelamento de seu IPO

Francine De Lorenzo, exame

 A Atmosfera, empresa especializada em gestão e higienização têxtil, solicitou à Comissão de Valores Mobiliários (CVM) a interrupção de seu processo de abertura de capital. A companhia alegou "conjuntura de mercado desfavorável" para o início das negociações de suas ações na Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa), que estava prevista para acontecer nesta quinta-feira. Essa percepção do mercado foi evidenciada pelos resultados negativos obtidos por empresas como Friboi, Banco Pine e Even Construtora e Incorporadora, que estrearam recentemente na bolsa. O excesso de ofertas, dizem os especialistas, dispersou a atenção dos investidores, reduzindo o interesse pelos papéis.

A Atmosfera planejava vender 34.072.146 ações ordinárias sob o código ATMO3. Caso a demanda superasse a oferta, a empresa poderia colocar à venda, ainda, um lote suplementar de até 5.110.821 ações, o correspondente a 15% da oferta inicial de papéis. Todos os investidores que solicitaram compra das ações durante o período de reserva, que foi de 26 de março a 2 de abril, terão suas ordens canceladas e os recursos devolvidos.

A estimativa dos bancos Itaú, UBS Pactual e J.P. Morgan, coordenadores da operação, era de que o preço inicial das ações ficasse entre 9,25 reais e 13,50 reais. Com a suspensão do IPO, o valor dos papéis, que seria definido ontem, não chegou a ser anunciado.

A companhia pretendia destinar 70% dos valores captados com a oferta pública de suas ações para a aquisição de participações societárias em outras empresas que atuem na prestação de serviços de gestão e higienização têxtil ou em negócios relacionados. Outros 25% seriam investidos na construção de novas plantas e no aperfeiçoamento das instalações já existentes. Os 5% restantes seriam direcionados a capital de giro.

Com faturamento de 154,1 milhões de reais em 2006, e crescimento médio de 35,8% nos últimos três anos, a Atmosfera espera que seus resultados em 2007 sejam pelo menos duas vezes maiores que os de seu principal concorrente. A empresa conta hoje com 13,6% de participação de mercado, atendendo a cerca de 2.600 clientes dos setores industrial, hospitalar e de hospitalidade.

Comentários  

Editora Abril

Copyright © Editora Abril - Todos os direitos reservados