São Paulo- Alugar um apartamento em Paris, com vista para Notre Dame, não é só para ricos e famosos. Na chamada baixa temporada européia (outubro a março), os preços caem consideravelmente no continente, tanto para hospedagem, como para os vôos. A experiência de vivenciar um cotidiano parisiense pode limitar-se em cinco noites, ou alongar-se até o período que o bolso permite (máximo de três meses). De qualquer maneira, será inesquecível.

No Marais, na Ille St. Louis - um reduto repleto de mansões junto à Catedral de Notre Dame e Place des Voges, Christophe Chastel e Philippe Pee administram 40 apartamentos em diferentes localizações, especialmente planejados e decorados para que os hóspedes vivenciem as peculriadades de um lar parisiense.

Através do sistema Guest Apartment Services, os franceses Chastel e Pee providenciam cada detalhe para oferecer aos inquilinos temporários a completa experiência do cotidiano parisiense.

É possível contratar aluguéis de curto período, com ou sem serviços de concierge personalizados e, além da decoração e dos serviços oferecidos nos ambientes dos apartamentos, os hóspedes contam também com o auxílio dos anfitriões para a compra de ingressos aos shows e teatros, indicação de restaurantes e outras atrações parisienses.

“Nós ficaremos felizes em indicar a melhor padaria, encontrar uma babysitter e até guardar o seu casaco pesado de inverno, se você quiser retornar novamente, na próxima temporada”, afirmam os anfitriões, mencionando uma situação que, dizem, é comum: cerca de 40% dos inquilinos temporários do Guest já retornaram uma vez, no mínimo, e 15% são amigos ou parentes de quem já esteve por lá.

A maioria das propriedades primorosamente cuidadas por Christophe Chastel e Philippe Pee está no coração da cidade. E cada qual tem a sua característica. Por exemplo, há aquelas com cozinha totalmente equipada, possibilitando preparar o café da manhã e saboreá-lo na varanda, apreciando o movimento da cidade.

O inquilino temporário pode escolher entre pequenos estúdios, grandes coberturas e até mesmo uma suntuosa mansão, com vista para o Rio Sena.

Na Ilha Saint Louis, muitos dos prédios foram construídos por Louis Le Vau, o mesmo arquiteto que construiu Versailles, na época de Luis XIV, o Rei Sol. Com uma vizinhança histórica, perto dos mais famosos monumentos franceses, o estilo de Versailles foi consagrado pela sobriedade das construções, em contraponto com a suntuosidade do interior.

A propósito, uma dica para quem vai a Paris: restaurante Les Fous de L’îlle, que serve pratos típicos do interior a França e pratica preços razoáveis (33 Rue des Deux Ponts 75004, metrô Pont Marie).

Tópicos: Aluguel, Imóveis, Europa, França, Paris, Metrópoles globais