Compactos e valiosos

São Paulo – Diversas pesquisas mostram que os valores dos imóveis subiram bastante nos últimos anos, mas nada melhor do que olhar alguns exemplos para verificar isso na prática. Nesta galeria estão reunidos 10 imóveis de menos de 40 m² - quitinetes e apartamentos de um dormitório -, à venda em classificados online por cerca de 1 milhão de reais.

Em outras palavras, comprar um imóvel desses seria o equivalente a comprar 33 carros de 30 mil reais por um espaço que mede nada menos do que a metade da pequena área de um campo de futebol, que segundo os padõres Fifa, tem 100 m².

Razoável ou não, a principal justificativa para tais valores é a localização. Alguns dos imóveis listados têm vista para o mar e se concentram em bairros como Ipanema, Copacabana, Leblon, no Rio de Janeiro, e Vila Olímpia, em São Paulo, algumas das regiões mais valorizadas do país.

Além da localização, a tipologia do imóvel também contribui para os altos preços. “O imóvel pequeno tende a ser mais valorizado por ter menor custo de manutenção e mais compradores interessados, já que a tendência é de que as famílias sejam pequenas e que as pessoas morem sozinhas”, explica Samy Dana, professor da Fundação Getúlio Vargas (FGV).

Mas, vale a pena pagar tão caro por uma localização? Dana diz que a princípio a ideia parece absurda, mas afirma que a resposta pode ser obtida a partir da comparação do preço do imóvel com o seu aluguel. "Com o investimento mais 'bobinho', é possível ganhar 0,5% ao mês. Se o imóvel vale 1 milhão de reais, 0,5% equivale a 5 mil reais. Se o aluguel for maior que isso, o que eu acho difícil para imóveis desse tamanho, vale a pena, mas se não for, é preferível aplicar o dinheiro no banco e pegar o rendimento", diz.

E essa conta não vale apenas para quem está pensando em comprar um imóvel para investir. “Mesmo quem considera comprar o imóvel para morar, se ele custa 1 milhão de reais e tem um aluguel de 5 mil reais é só dividir 5 mil por 30 dias, dá quase 200 reais. Com esse valor compensa mais pagar a diária de um hotel e não pagar nem condomínio nem IPTU”, afirma Dana.

Ele acrescenta que quando o imóvel é muito pequeno os compradores se esquecem de pensar no valor do metro quadrado. O preço do metro quadrado de um imóvel de 1 milhão de reais com 40 m², por exemplo, é de 25 mil reais, com o mesmo valor de metro quadrado uma casa de 150 m² custaria 3.750.000 reais. “A localização não justifica um valor tão alto do ponto de vista financeiro, seja para morar ou alugar. Mas, se comprar um imóvel desses é um sonho, tudo bem, mas aí é como comprar uma calça no shopping", conclui o professor da FGV.

Tópicos: Guia de Imóveis, Imóveis, Mercado imobiliário, Patrimônio pessoal