Dólar R$ 3,28 0,12%
Euro R$ 3,65 -0,54%
SELIC 11,25% ao ano
Ibovespa 1,20% 63.987 pts
Pontos 63.987
Variação 1,20%
Maior Alta 4,26% CMIG4
Maior Baixa -6,33% JBSS3
Última atualização 26/05/2017 - 13:30 FONTE

Meu dinheiro acaba rápido todo mês. Como fazer ele render?

Leitor pergunta como poupar ou ganhar mais para chegar até o fim do mês com mais dinheiro na conta, sem estresse

Pergunta do leitor: Sou casado, tenho uma filha pequena e minha esposa trabalha. Investimos na previdência privada e contribuímos com o INSS para ambos. Ganhamos razoavelmente bem, temos uma casa própria financiada e dois carros, mas nosso dinheiro não tem rendido. Como poupar mais ou elevar nossas contribuições?

Resposta de Cássia D’Aquino*:

O primeiro passo é decidir, de verdade, a planejar sua vida financeira. Para tornar essa empreitada mais saborosa, defina objetivos: pode ser elevar as contribuições para a aposentadoria, planejar os anos de educação da filhota ou fazer uma viagem espetacular. Estabeleça as prioridades e defina prazos realistas para alcançar cada meta.

Nesse processo, é fundamental conhecer as despesas e receitas de sua família. Durante um mês, acompanhe rigorosamente todos os gastos e compare com os ganhos. Existem excelentes aplicativos que poderão ajudá-lo a fazer esse acompanhamento.

Você vai se surpreender ao perceber quanto dinheiro é desperdiçado. Lembre que cada centavo poupado vai deixá-lo mais próximo de alcançar seu objetivo.

O terceiro passo é fazer um orçamento familiar e agarrar-se a ele. Chame sua família para participar e peça que deem sugestões de corte de gastos. Explique a necessidade de diminuir as despesas para que vocês construam uma poupança.

Seduza-os contando o objetivo da tal poupança. Depois disso vai ficar muito mais fácil convencê-los a pensar duas, três, mil vezes antes de adquirir um bem de consumo. Afinal, será que vocês realmente vão precisar dele?

O quarto passo é se livrar das dívidas. Os juros que você paga no cheque especial ou no crédito podem virar receita se, em vez de consumir, você aplicar o dinheiro para comprar à vista mais adiante.

Todo mês reserve parte de sua renda para investimento. Antes de fazer qualquer despesa, aplique o dinheiro. Guarde parte do 13° salário e da restituição do imposto de renda para reforçar sua poupança.

Não seja ávido demais. Não tente compensar, de um dia para o outro, anos e anos de gastança. Nem sempre a aplicação que oferece maior rendimento é a melhor para você. Lembre que quanto maior a chance de lucro, maiores também são os riscos. Portanto, seja sensato e avalie, cuidadosamente, a liquidez, rentabilidade e segurança da aplicação.

Por último, procure instituições financeiras de comprovada idoneidade. Fuja daquelas que prometem lucros extraordinários em curto espaço de tempo. Milagres financeiros simplesmente não existem.

*Cássia D’Aquino é educadora financeira especializada em crianças e autora de livros. É criadora e coordenadora do Programa de Educação Financeira em escolas brasileiras e assessora de instituições públicas e privadas. É correspondente da  Associação Internacional de Cidadania e Educação Social e Econômica (IACSEE) e representante brasileira no Programa Global de Educação Financeira, voltado para a população de baixa renda em todo o mundo.  

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. São passos fundamentais para colocar o orçamento em ordem e para que sobre dinheiro no final do mês. Em complemento indico a leitura: http://ead.li/fazer-sobrar-dinheiro

  2. Um jeito fácil de controlar os gastos e finanças pessoais é utilizando o FLUCA.
    Um gerenciador financeiro simples, rápido e descomplicado e o melhor é de graça ainda.
    https://www.fluca.com.br