Construtoras dão mudança e até desconto para quem usar FGTS

Liberação do saque do FGTS inativo motivou construtoras a criarem campanhas para estimular uso de recursos do Fundo na compra de imóveis

São Paulo – Construtoras e incorporadoras de imóveis prometem intensificar campanhas de estímulo ao uso do FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço) para a compra da casa própria. O movimento ocorre depois de o governo ter autorizado o saque do saldo de contas inativas do Fundo para qualquer fim.

A MRV, por exemplo, lançou na última semana a campanha “FGTS Turbo”, que garante desconto de 3 mil reais no valor do imóvel, caso o cliente use o saldo do Fundo na compra.

“Ao usar o FGTS, além do nosso desconto, a pessoa economiza com juros, já que reduz o saldo devedor do financiamento”, diz Rodrigo Resende, diretor de marketing da MRV. “É uma ação importante para o público jovem, por exemplo, que está comprando o primeiro apartamento.”

Segundo a empresa, a decisão do governo influenciou na criação da campanha. “Os trabalhadores só podem sacar o saldo das contas inativas, que têm um valor baixo em relação ao total de recursos do Fundo, então o impacto disso no mercado é baixo. Por outro lado, a medida trouxe à tona a discussão sobre o que é possível ser feito com o saldo em contas ativas, o que é importante para nós”, afirma Resende.

Segundo o diretor, além da campanha, a MRV também produziu vídeos explicativos sobre FGTS e reforçou os atendimentos a dúvidas de clientes através de seu site. A ideia é orientar os consumidores sobre temas não muito comuns, como a possibilidade de amortizar o saldo devedor do financiamento com o FGTS a cada dois anos, por exemplo.

“A gente tem que fazer desse limão uma limonada”, completa Resende. “Dessa forma, contribuímos para que o sonho da casa própria seja realizado”. A campanha da MRV vai até 5 de fevereiro deste ano e participam cerca de 100 empreendimentos. A lista pode ser encontrada no site da companhia.

A Gafisa também está de olho nos trabalhadores que estão se conscientizando de que podem usar o FGTS na compra da casa própria. A empresa vai lançar, no dia 25 de janeiro, a campanha “Pronto, é seu”.

A ação não dará descontos em dinheiro para quem comprar um imóvel usando FGTS, como a campanha da MRV, mas vai proporcionar outros benefícios, como a possibilidade de a Gafisa bancar a mudança da pessoa dependendo do valor do imóvel adquirido.

“A iniciativa do governo é ótima porque põe dinheiro na mão das pessoas outra vez e faz a economia girar”, diz Lucas Tarabori, diretor de marketing da Gafisa. “Isso claramente nos ajuda, já que a casa própria continua sendo o grande sonho do brasileiro.”

Segundo ele, a campanha da Gafisa vai durar até o final de março e a empresa espera um “aumento bem expressivo” no uso do FGTS para a compra de imóveis. Nos últimos 12 meses, cerca de 30% dos clientes da incorporadora utilizaram o saldo do Fundo na aquisição de unidades.

“A gente entende que nunca os imóveis estiveram tão propícios para serem comprados como agora. Acreditamos em uma melhora da economia em 2017, e nenhuma das incorporadoras repassou isso para os preços”, completa Tarabori.

Cuidados do consumidor

O especialista Marcelo Prata, fundador dos sites Canal do Crédito e Resale.com.br, lembra que o consumidor precisa analisar as ofertas das incorporadoras cuidadosamente antes de assinar o contrato.

“Se a empresa está oferecendo um desconto no valor do imóvel para você usar o FGTS na compra, você tem que ter certeza de que o valor é realmente menor. Tem que procurar anúncios antigos do empreendimento para ver quanto a incorporadora estava cobrando antes de aplicar o desconto. Assim como na Black Friday, algumas companhias podem elevar o preço do imóvel para depois dizer que aplicaram desconto”, diz.

Também é importante, segundo Prata, que a pessoa se certifique de ter um colchão de emergência antes de usar seus recursos do FGTS. “O Fundo funciona como um seguro em caso de desemprego. Se a pessoa utiliza o saldo do FGTS e é demitida, pode ter dois problemas: ficar sem dinheiro para sobreviver enquanto não se recoloca no mercado de trabalho e ainda arcar com a dívida do financiamento imobiliário. Por isso, é importante ter um dinheiro extra guardado ou aplicado”, afirma.

Outra recomendação é que a pessoa utilize o saldo do FGTS ativo para abater o saldo devedor do financiamento imobiliário, se for o caso, mas que reserve o saldo das contas inativas do FGTS, se houver, para pagar dívidas. Consulte quanto você poderá sacar das contas inativas do FGTS e veja 10 perguntas e respostas sobre o saque dos recursos do Fundo.

Quando você pode usar o FGTS na compra do imóvel

Para usar o FGTS ao comprar um imóvel, você não pode possuir um imóvel para moradia na mesma cidade, na região metropolitana ou nas cidades limítrofes.

Além disso, você tem que ter três anos de trabalho sob o regime do FGTS, somando-se os períodos trabalhados, consecutivos ou não, na mesma ou em diferentes empresas.

Sobre o imóvel, o valor dele não pode ser superior ao limite do SFH (Sistema Financeiro da Habitação), que é de 950 mil reais em São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais e o Distrito Federal. Nos demais estados, o valor é de 800 mil reais.

O imóvel deve ainda estar localizado na mesma cidade onde você trabalha ou onde reside há mais de um ano, nos municípios limítrofes a ele ou integrantes da mesma região metropolitana.

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. A parte do final da matéria está fora de contexto “Quando você pode usar o FGTS na compra do imóvel”
    É Certo que o uso do FGTS (de conta ativa) só pode ser usado para compra de imóvel na mesma cidade na regras que foram ditas no final da matéria, mas o contexto da matéria inteira é sobre a conta INATIVA, então a pessoa que tem a conta inativa pegará esse dinheiro e mão e poderá comprar SIM o segundo imóvel na cidade ou não ter 3 anos de fundo de garantia, já que o dinheiro estará em espécie. Por favor, mudem.

    Sempre acompanho a Exame

    Rai Urbano – Corretor de Imóveis e Especialista no Mercado Imobiliário
    whatsapp: (22) 98806-7502