São Paulo terá apartamentos com 10 metros quadrados

Prédio na região central da cidade terá 72 unidades com a área, que serão vendidas por 100 mil reais cada uma

São Paulo – Alexandre Frankel, presidente da Vitacon, disse, em 2015, ser possível construir imóveis menores do que 14 metros quadrados, o tamanho das unidades que a incorporadora havia lançado naquele ano.

E, de fato, foi possível: a Vitacon acaba de anunciar que irá lançar um empreendimento em São Paulo com 72 apartamentos com 10 metros quadrados. O preço? 100 mil reais. Ou seja, cada metro custará 10 mil reais.

Apesar de a incorporadora anunciar que o empreendimento está localizado em Higienópolis, ele será erguido no bairro Vila Buarque. Portanto, seu preço, segundo estudo do portal VivaReal, está acima da média da região, que fica próxima ao Centro e no qual o metro quadrado tem valor médio de 7.362 reais.

Por outro lado, o preço por metro quadrado é menor que o de um apartamento de 18 metros quadrados lançado pela concorrente Setin em pleno boom imobiliário. Também localizado na região central da cidade, na época, o apartamento foi anunciado por 270 mil reais.

Planta do studio de 10 m² da Vitacon

Planta do studio de 10 m² da Vitacon (imagem: Divulgação/Vitacon) (Vitacon/Divulgação)

Anunciado pela incorporadora como o mais compacto da América Latina, a planta do menor apartamento do empreendimento Palmeiras-Nova Higienópolis tem espaço para um sofá-cama, TV e um pequeno guarda-roupa. Ao lado, fica o banheiro e, na área comum à sala-quarto, há ainda uma pequena bancada com espaço para um cooktop, pia e uma pequena mesa embutida.

O empreendimento terá, nas áreas comuns, unidade para visitas, cinebar, horta, guarda-entregas, bicicletas para alugar, lavanderia, espaço para coworking, ferramentas e academia equipada. No piso térreo, terá lojas e espaço aberto à população, o que enquadra o empreendimento no novo Plano Diretor da cidade.

O Palmeiras-Nova Higienópolis terá, no total, 111 unidades. Serão 72 unidades com 10 metros quadrados, 14 unidades com 15 metros quadrados, duas unidades de 19 metros quadrados, 22 de 33 metros quadrados e apenas uma com 77 metros quadrados.

Em países que sofrem com a falta de espaço para a construção de novos empreendimentos, como o Japão, apartamentos chegam a ter oito metros quadrados.

Veja abaixo o vídeo que mostra o espaço:

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. Rodrigo Portela

    pode enfiar essa caixa de fosforo naquele lugar mesmo, que plano diretor aprova isso, sai do banheiro dentro da cozinha ??? absurdo !!!!

    1. Enock Pio Ulle

      Nada de novo. No Copan, inaugurado há cinquenta anos atrás as kitchenetes do Bloco B são assim.

    2. O menor apartamento do copam tem 16 metros quadrados, 6 metros quadrados a mais que esse aí, o que faz muita diferença… apesar de achar 16 metros tb um tamanho ridículo.

  2. Luciano Fuzzato Filho

    E todo mundo morte de câncer de estômago pq não tem geladeira. Anda todos os dias com a mesma roupa pq não tem espaço pra guardar mais que isso. Não tem onde guardar roupa de cama mesa e banho, o mesmo cobertor pra sempre em cima do sofá pq São Paulo é frio. Quem será que foi o arquiteto que assinou o projeto?

  3. Willian Pereira

    Não tem sentido criar apartamento tão minúsculo no Brasil. A qualidade de vida deve ser uma merda. Imagina, o cara solta um peido num canto e o fedor fica no apartamento inteiro kkkkkkkkk.

  4. Mario Partenoppi

    Imagino da uma cagada num ao desde o fedor fica no prédio todo

  5. Marcelo Piotrowsky

    A questão maior nem é o espaço, pois acredito que quem compre um apto deste, já esteja ciente disso. Eu acho que o maior absurdo é o preço. As construtoras e incorporadoras desse Brasil de ninguem, cobrar acima da média de mercado, para um imóvel que nem é o perfil do Brasil. Com isso inflacionando o mercado como um todo num lixo de proposta. Estamos cada vez mais a caminho do caos imobiliário.

  6. Vinícius de Ávila Jorge

    “Em países que sofrem com a falta de espaço para a construção de novos empreendimentos, como o Japão, apartamentos chegam a ter oito metros quadrados.”
    O que não é o caso do Brasil, logo essa bizarrice não se justifica por aqui… Ainda mais com esse preço escorchante. BOLHA IMOBILIÁRIA, A GENTE VÊ POR AQUI

  7. Vitor Alves Lima

    Devia ser proibido algo assim, chega a ser desumano.

  8. Daniel Tenfen

    Comprando o imóvel o cliente terá que passar por treinamento de NR33( Norma regulamentadora para espaços confinados).

  9. Idiota vai ser quem comprar essa caixa de fósforo, absurdo!!!

  10. Visivelmente não cabe geladeira nesse apartamento, até um frigobar fica bem complicado…
    Será que tem geladeira compartilhada???

    OU volta-se ao tempo em que não existia geladeira?

    1. Enock Pio Ulle

      Na Europa tem uma minigeladeira acoplada a um fogãozinho de duas bocas e uma pia. Bastante popular, por sinal.