Dólar R$ 3,27 -0,31%
Euro R$ 3,66 0,08%
SELIC 11,25% ao ano
Ibovespa 1,60% 62.662 pts
Pontos 62.662
Variação 1,60%
Maior Alta 9,53% JBSS3
Maior Baixa -1,42% EMBR3
Última atualização 23/05/2017 - 17:20 FONTE

10 aplicativos para vender coisas usadas e ganhar uma renda extra

Uma pesquisa mostrou que você poderia ganhar, em média, 4.267 reais se vendesse tudo que não usa. Os apps a seguir podem ajudar nessa tarefa

São Paulo – Se você vendesse na internet todas as coisas que têm em casa e não usa, receberia, em média, 4.267 reais. Então que tal começar 2017 com a casa limpa, se desfazer dos itens que você não usa mais e ainda ganhar uma renda extra?

O dado é de uma pesquisa realizada pelo Ibope Conecta, encomendada pelo site OLX, que mostrou que 91% dos usuários de internet no Brasil poderiam se desapegar de produtos que estão atirados em algum canto da casa.

Entre os itens, 70% dos entrevistados citou produtos de moda e beleza, eletrônicos e celulares. A maioria dos que responderam a pesquisa também apontou que poderia se desfazer de produtos relacionados a música e hobbies, objetos da casa e brinquedos e roupas de criança.

Para facilitar essa tarefa de desapego, que pode render um dinheiro a mais em tempos de grana curta, EXAME.com lista a seguir 10 aplicativos para vender suas coisas a outras pessoas pelo celular.

Basta fazer um cadastro e fotografar seu produto com a câmera do smartphone. Em vários deles, os usuários não pagam nada para anunciar.   

1) Skina

A ideia do Skina é facilitar a venda de qualquer produto para pessoas que estejam perto de você. Pode ser uma bicicleta, um violão ou um par de patins, por exemplo. O app usa o GPS do seu smartphone para localizar compradores que estão próximos.

Dá para fotografar o objeto com o próprio celular, em um modelo parecido com o site Picasso, e conversar com os compradores interessados direto pelo chat do aplicativo. Depois, o app sugere que você marque um lugar para entregar o item.

Brasileiro, o aplicativo tem quatro milhões e meio de pessoas cadastradas, entre vendedores e compradores. Na plataforma, só não pode vender carros, motos, barcos, animais de estimação, prestação de serviços e produtos com apelo sexual.   

O app está disponível para sistemas Android e iOS.

2) Tradr

O Tradr quer ser o Tinder da moda, uma loja colaborativa para substituir brechós e feirinhas de roupas. Assim como no Tinder, o vendedor recebe curtidas se o comprador gostou do item. Também permite conversar direto com o comprador pelo app, para combinar um lugar para entregar o produto.

No aplicativo, o usuário pode criar sua própria loja virtual e tirar foto dos produtos. A plataforma promete resolver tudo em apenas 10 segundos e tem um sistema de pagamento próprio.

O app está disponível para sistemas Android e iOS.

3) Dressbe

O Dressbe é focado em moda exclusivamente feminina e permite à vendedora criar seu próprio closet, com sapatos, bolsas, roupas e acessórios à venda. Dá para enviar vários produtos de uma única vez e preencher informações detalhadas para a compradora, como o tamanho e a marca do item.

O app está disponível só para sistemas iOS.

4) Renovei

Comprou um móvel novo e não sabe o que fazer com o antigo? Dá para ganhar uma renda extra com o Renovei, um aplicativo para vender móveis usados. Ele permite encontrar pessoas perto de você que buscam o que você não quer mais e entrar em contato com o comprador direto através do app.

Ao publicar um produto, você pode optar por divulgá-lo automaticamente nas redes sociais.

O app está disponível só para sistemas Android.

5) Rekids

As crianças cresceram rápido e suas roupas estão quase novas, mas não servem mais. Já viu esse filme? No Rekids, dá para vender, comprar, trocar e doar roupas, calçados, brinquedos e móveis infantis.

Ao se cadastrar no aplicativo,o comprador preenche os dados do seu filho: menino ou menina, data de nascimento e tamanho de roupa e calçado do filho. Da mesma forma, preenche o CEP e o raio de alcance desejado. Assim, o cadastro filtra e agiliza as vendas.

O app está disponível só para sistemas Android.

6) Yzye

A cada ano do colégio, um livro caríssimo que deixa de ser usado no ano seguinte? No Yzye, você pode vender, trocar e doar livros didáticos de segunda mão.

A ideia do aplicativo é criar uma comunidade em sua escola ou universidade, para que todos economizem. Os usuários podem trocar mensagens na própria plataforma.

O app está disponível para sistemas iOS e Android.

7) eBay

No eBay, dá para comprar os mais diversos itens usados de usuários do mundo inteiro: de peças de carro a roupas masculinas e femininas, de ferramentas de jardim a objetos de coleção. Ele permite que o comprador faça ofertas e salve vendedores favoritos.

O app está disponível para sistemas iOS e Android, em português.

8) Enjoei

O Enjoei é um dos apps pioneiros na venda de roupas, bolsas e sapatos usados. A plataforma já tem mais de 100 mil vendedores e 1 milhão de produtos cadastrados, mas a popularidade tem um preço.

Caso o seu produto seja vendido, você paga 20% de comissão mais 2,15 reais pela taxa de anúncio. O usuário pode enviar até oito fotos de cada produto e só manda o item para o comprador pelos Correios depois que receber o pagamento pela plataforma Moip.

O app está disponível para sistemas iOS e Android.

9) OLX

No OLX, dá para vender de tudo, até barcos e animais para adotar. O aplicativo promove o contato direto entre comprador e vendedor por chat ou telefone e permite compartilhar os anúncios automaticamente por Facebook e WhatsApp.

Os anúncios são gratuitos, mas há a possibilidade de pagar para que os seus produtos tenham mais visibilidade.

O app está disponível para sistemas Android e iOS.

10) Mercado Livre

No Mercado Livre, também dá para vender de tudo e conversar com o comprador direto pelo aplicativo. O vendedor pode receber o pagamento parcelado ou à vista, por meio do sistema Mercado Pago.

O anúncio é grátis, mas o aplicativo cobra uma tarifa de venda em algumas categorias de produtos.

O app está disponível para sistemas Android e iOS.