Dificilmente uma pequena ou média empresa vai muito longe sem recursos para investir. Muitos empreendedores encontram a fonte ideal de recursos para acelerar o crescimento dos negócios ao vender uma fração na sociedade para fundos que compram participações em empresas.

Eles vêm destinando cada vez mais dinheiro para pequenas e médias empresas no Brasil. Segundo dados da Fundação Getulio Vargas, o volume de recursos de capital de risco para empresas brasileiras já atingiu 36 bilhões de dólares, seis vezes mais do que em 2004. "Nosso mercado deve continuar aquecido em 2012", diz Sidney Chameh, presidente da Associação Brasileira de Private Equity e Venture Capital.

"Há cada vez mais fundos interessados em pequenas e médias empresas brasileiras com potencial de crescimento." Um exemplo é o da paulista Magnamed, que fabrica um equipamento que mantém a respiração de pacientes atendidos em ambulâncias. Em 2008, a empresa recebeu 1,5 milhão de reais do fundo Criatec, voltado para negócios nascentes.

"Os investidores acreditaram no nosso potencial", diz o engenheiro Tatsuo Suzuki, sócio da Magnamed, fundada por ele e pelos engenheiros Wataru Ueda e Toru Miyagi Kinjo. "Os resultados devem aparecer em 2012, quando a Magnamed estiver com um faturamento em torno de 10 milhões de reais, mais de seis vezes o de 2011." Conheça outros fundos que, como o Criatec, investem em pequenas e médias empresas — e o que pretendem para 2012.

Aceleradora

Belo Horizonte, MG

Faz aportes de capital em empresas nascentes de setores ligados à internet e à tecnologia. Para 2012, a estratégia é diversificar o portfólio, partindo também para outros mercados.

Ano de fundação: 2008.

Empresas de que participa: Anuncie.la, Crowdtest, EuDecido, Ningo, Pligus.

Investimento para 2012: Pretende investir até 4 milhões de reais, sendo até 1 milhão de reais por empresa.

www.aceleradora.net

Anjos do Brasil

São Paulo, SP

Rede de investidores que participa de negócios embrionários ou emergentes. Está em  busca de empresas com faturamento anual de até 1 milhão de reais dos setores de biotecnologia, internet, educação, entretenimento, energia e saúde.

Ano de fundação: 2011.

Empresas de que participa: TWT Digital, ZoeMob.

Investimento para 2012: Não divulga. Investe até 1,5 milhão de reais por empresa.

 www.anjosdobrasil.net

Astella Investimentos

São Paulo, SP

Investe em empresas nascentes e pequenos e médios negócios de internet e de tecnologia.

Ano de fundação: 2007.

Empresas de que participa: Dualtec, HelpSaúde, Imobx, Navegg, Portal Educação, SmartKids e Tryoop!.

Investimento para 2012: Pretende fazer investimentos de 10 milhões de reais, sendo no máximo 2 milhões de reais por empresa.

www.astellainvest.com

Burrill Brasil I

Belo Horizonte, MG 

Constituído com recursos de investidores brasileiros e internacionais, procura empresas inovadoras dos setores de saúde, energia renovável e alimentos com faturamento anual de até 150 milhões de reais.

Ano de fundação: 2011.

Empresas de que participa: Ainda não investiu em nenhuma.

Investimento para 2012: Tem planos de aportar 60 milhões de reais, sendo até 40 milhões de reais por empresa. 

malbernaz@b-c.com

CRP Empreendedor

Porto Alegre, RS

Formado por recursos da agência de fomento Finep, do fundo de participações BNDESPar e do fundo de pensão Petros, entre outros, o CRP busca empresas inovadoras das regiões Sul e Sudeste. O objetivo é fazer seis aportes até 2014.

Ano de fundação: 2011.

Empresas de que participa: Ainda não participa de nenhuma. Investimento para 2012 O fundo tem 20 milhões de reais captados. Cada empresa pode receber cerca de 12 milhões de reais em aportes.

www.crp.com.br

DGF-Fipac

Rio de Janeiro, RJ

Investe em participações minoritárias de empresas com faturamento entre 10 milhões e 200 milhões de reais que necessitem de capital para crescer ou consolidar mercado. Há preferência pelos setores de tecnologia da informação, saúde e serviços.

Ano de fundação: 2009.

Empresas de que participa: Digipix, Softway, Brasvending, APS Soluções em Energia, P.I. Branemark.

Investimento para 2012: Não divulga. O investimento feito em cada empresa pode variar de 10 milhões a 50 milhões de reais.

www.dgf.com.br

DLM Brasil TI

Belo Horizonte, MG 

O principal objetivo é investir em empresas de software com receitas anuais entre 15 milhões e 150 milhões de reais. Com 150 milhões de reais, planeja investir em pelo menos seis empresas até 2014. 

Ano de fundação: 2007. 

Empresas de que participa: Ainda não participa de nenhuma. 

Investimento para 2012:  Tem um total de 70 milhões de reais, e costuma investir no máximo 40 milhões de reais por empresa.

www.dlminvista.com.br

Floripa Angels

Florianópolis, SC

Formado por 15 investidores, busca negócios nascentes da área de tecnologia. Empresas que estejam fora de Florianópolis, em Santa Catarina, precisam instalar uma filial na cidade. O Floripa Angels providencia o espaço.

Ano de fundação: 2008.

Empresa de que participa: Books Ess.

Investimento para 2012: Não divulga. Investe no máximo 500.000 reais em cada empresa.

www.floripaangels.org

Criatec

Rio de Janeiro, RJ 

Investe em negócios em estágio inicial com faturamento máximo de 6 milhões de reais, ligados aos setores de tecnologia da informação, biotecnologia, novos materiais, nanotecnologia e agronegócios. Do total de investimentos, 20% devem ser alocados na Região Nordeste.

Ano de fundação: 2007.

Empresas de que participa: Arvus, Bioclone, Biologicus, Clorovale Diamantes, D’Accord Music Software, Deprocer, Magnamed, entre outras.

Investimento para 2012: De um total de 70 milhões de reais, já foram alocados 38 milhões de reais. Os 32 milhões restantes devem ser investidos no decorrer de 2012. Cada empresa do portfólio pode receber entre 1,5 milhão e 5 milhões de reais.

binder@fundocriatec.com.br

Gávea Angels

Rio de Janeiro, RJ

Investidores que colocam recursos financeiros e participam da gestão de empreendimentos nascentes e inovadores num raio de até 200 quilômetros da cidade do Rio de Janeiro.

Ano de fundação: 2003.

Empresas de que participa: Descomplica, Easyfood Card. 

Investimento para 2012: Cinco empreendimentos poderão receber até 1 milhão de reais cada um.

www.gaveaangels.org.br

HorizonTI

Belo Horizonte, MG

Com 40 milhões de reais de recursos, o HorizonTI investe em empresas de tecnologia sediadas na região de Belo Horizonte e com faturamento de até 2,4 milhões de reais. O fundo, que já investiu em cinco empresas, está à procura de negócios nos setores de tecnologia da informação que atuem nos mercados de petróleo e gás, telecomunicações, internet, saúde. entretenimento, educação e energia.

Ano de fundação: 2009.

Empresas de que participa: ePrimeCare, Canal do Crédito. 

Investimento para 2012: Não divulgado. O fundo investe até 2 milhões de reais por empresa.

www.fundohorizonti.com.br

Ideiasnet S/A

Rio de Janeiro, RJ

Fundo com capital aberto em bolsa, com foco em empresas emergentes do setor de tecnologia no Brasil.

Ano de fundação: 2000.

Empresas de que participa : Autômatos, Bolsa de Mulher, Ciashop, iMusica, Officer, Padtec, Pini, Scrillcorp, Spring Wirelles, Tectotal, Trinnphone. 

Investimento para 2012 : Não foi divulgado.

www.ideiasnet.com.br

IntelCapital

São Paulo, SP

Braço de investimentos de risco da empresa americana de processadores Intel. Já investiu mais de 4 bilhões de dólares em cerca de 1.000 empresas de 51 países. No Brasil, o fundo busca empresas de hardware e software e prestadoras de serviços para redes, computação e comunicações sem fio.

Ano de fundação: 1999.

Empresas de que participa no Brasil: Spring Wireless, Yavox, Ativi, Digitron, TecTotal, boo–boox, Voostu.

Investimento para 2012: Não divulgado. 

www.intel.com.br

Jacard

Florianópolis, SC

Grupo de investidores interessado em empresas iniciantes nos mercados de tecnologia e de mídia.

Ano de fundação: 2009. 

Empresas de que participa: Acelera10, Axado, Skedo, Zuggi.

Investimento para 2012: Não divulga. O limite de aporte para cada empresa é de 1 milhão de reais. 

www.jacard.com.br

Master Minds Capital  

Campinas, SP

Especializado em negócios de setores ligados a bens de consumo, tecnologia e serviços com faturamento anual de 20 milhões a 150 milhões de reais.

Ano de fundação: 2007.

Empresas de que participa: Inova Ventures, SurianaTrademasters. 

Investimento para 2012: Não divulga. Cada empresa recebe de 10 milhões a 150 milhões de reais.

 www.mastermindscapital.com

NascenTI

Rio de Janeiro, RJ

Com um patrimônio de 35 milhões de reais, o NascenTI está prospectando negócios que faturem até 2,4 milhões de reais por ano dos setores de tecnologia da informação que atuem nos mercados de petróleo e gás, telecomunicações, internet, saúde, educação, entretenimento e energia. 

Ano de fundação: 2011.

Empresas de que participa: Não foi divulgado.

Investimento para 2012: Cerca de 6 milhões de reais.

 www.nascenti.com.br

Tópicos: Empreendedores, Financiamentos para pequenas empresas, Fundos de investimento, Mercado financeiro, Aplicações financeiras