Aguarde...

Especial | 15/11/2013 00:00

5 empreendedores que atacam os problemas das grandes cidades

A história de cinco pequenas e médias empresas que estão ajudando a enfrentar os problemas do crescimento das metrópoles

Marcelo Correa

Luiza Campos, da Venativ

Luiza Campos, da Venativ: "O respeito ao meio ambiente deve ser um exercício de cidadania, não uma obrigação".

São Paulo - A vida nas cidades, onde moram 84% dos brasileiros, retrata quanto o país evoluiu nas últimas décadas — e, ao mesmo tempo, quanto ainda há por fazer. Entre 1991 e 2010, o Brasil melhorou quase 50% no Índice de Desenvolvimento Humano Municipal da ONU, que mede indicadores socioeconômicos dos municípios. Saímos da categoria "desenvolvimento muito baixo" para "alto desenvolvimento".

Mas os serviços ainda são deficientes. Cerca de 40% das casas não têm acesso a coleta de esgoto. Mais da metade das cidades despeja seus resíduos em lixões a céu aberto, o que dissemina doenças e contamina o solo. O tempo gasto no trânsito cresceu 20% de 2003 a 2010 nas grandes cidades.

Só em São Paulo, o custo anual dos congestionamentos chega a 40 bilhões de reais. A infraestrutura, sobretudo nas metrópoles, cresce aquém da demanda. O papel dos empreendedores brasileiros para transformar metrópoles apinhadas de problemas estruturais em cidades eficientes tem sido determinante.

É o que mostra esta reportagem, a nona da série Sou Empreendedor — Meu Sonho Move o Brasil, sobre como pequenos e médios negócios são necessários para melhorar o país. 

Os cinco empreendedores que aparecem nas próximas páginas estão à frente de empresas emergentes que crescem ao fornecer soluções para desafios que impactam positivamente na qualidade de vida da população.

Entre os problemas atacados estão a falta de planejamento em mobilidade urbana, as deficiências no saneamento básico e a pouca quantidade de áreas verdes para o lazer.

A paulista TC Urbes, por exemplo, desenvolve projetos para a construção de ciclovias, pistas para pedestres e bicicletários. A Ecotelhado, de Porto Alegre, instala terraços verdes em coberturas de edifícios e residências, que ajudam a combater o superaquecimento. 

Comentários  

Editora Abril

Copyright © Editora Abril - Todos os direitos reservados