Quer mudar de emprego? Tem certeza? | EXAME.com
São Paulo
Germano Luders
Carregando

Quer mudar de emprego? Tem certeza?

Fernando Mantovani

As pessoas tendem a pensar que os recrutadores sempre querem convencer os profissionais a mudar de emprego. Do ponto de vista dos negócios essa é uma premissa errada, especialmente porque não é sustentável. Um profissional que não tem certeza se quer mudar de emprego é mais propenso a aceitar contrapropostas, a abandonar o processo de seleção no meio e até mesmo a permanecer pouco tempo no novo trabalho. E isso impacta diretamente o dia a dia do recrutador, gerando retrabalho e desconforto com os clientes.

Alguns candidatos participam de processos seletivos por curiosidade, para “testar” sua empregabilidade ou até mesmo para usá-los como barganha para conseguir aumento ou promoção na empresa atual. Não há problema nenhum em querer saber qual seria o salário pago a um profissional como você no mercado, mas não é preciso participar de uma seleção para descobrir essa informação. Guias salariais e consultores de recrutamento podem dar essa resposta facilmente a um candidato. Já o hábito da barganha é extremamente nocivo ao profissional e à empresa, como já expliquei anteriormente.

A sinceridade é sempre a melhor saída para um momento de dúvida. Se você não tem certeza se quer mudar de emprego, seja claro com o recrutador. Ele vai te ajudar a avaliar o mercado, apresentar oportunidades e te aconselhar sobre possibilidades de carreira e crescimento nas vagas disponíveis no mercado. Por outro lado, é importante fazer uma avaliação do seu momento na empresa atual. Veja se os desafios, recompensas salariais, motivação e perspectivas de crescimento que você tem hoje compensam ou não a mudança. Novos desafios são bons, mas nem sempre vale a pena mudar. Avalie a sua carreira e tenha certeza das suas escolhas!

Comentários