Blog do Sidnei Oliveira | EXAME.com
São Paulo
Germano Luders

Blog do Sidnei Oliveira

Carregando

O que falta ao jovem para ser visto como um profissional sério?

Sidnei Oliveira

Tenho conversado com gestores sobre suas expectativas em relação aos jovens profissionais e vejo que muitos estão confusos, pois precisam levar em consideração um elevado conhecimento técnico, mesmo que não identifiquem nada de experiência. Para tentar equilibrar essa complicada equação o que surge é uma gestão incoerente e errática, onde o gestor espera que seu funcionário seja um inovador, mas faça tudo conforme as regras, ou então espera que ele tenha o conhecimento amplo de um generalista, mas saiba tudo de forma profunda e consistente como um especialista.

Os jovens estão mais preparados para lidar com frustrações e dificuldades?

Sidnei Oliveira

As mudanças educacionais resultantes de fatores como crescimento econômico, estabilidade política-social e as transformações no conceito de família, somados à cultura protecionista, bem característica dos brasileiros, criaram uma geração de jovens mais frágeis, justamente por terem sido menos expostos à situações de frustração quando comparados com as gerações anteriores.

Cicatriz dói, mas ajuda!

Sidnei Oliveira

Lembra daquele momento em que você levava um tombo quando ainda era criança? Então, na maioria das vezes, você tinha certeza de algumas coisas:

1)   Cair machuca e dói muito.

2)   Uma bronca da mamãe ou do papai era inevitável.

3)   Ela trataria do machucado com um vidro de “cuspe do diabo”.

4)   O remédio ardia, manchava e vinha com uma pazinha pra cutucar o machucado.

5)   Uma cicatriz estaria lá para lembrar do acontecimento.

Conflitos – Quando interesses pessoais se desalinham

Sidnei Oliveira

Como é desagradável ter que lidar com conflitos! Seria perfeito se pudéssemos viver em um ambiente onde as pessoas estivessem sempre em harmonia. Certamente seria muito mais tranquilo e sereno. Poderia, inclusive, ajudar a aumentar a produtividade, pois temos a tendência de produzir melhores resultados quando estamos mais focados, e ninguém merece ter que produzir em uma atmosfera de pressão e confrontos.

Só que isso é uma utopia. Conflitos fazem parte da natureza humana e seguem algumas premissas:

Omissão – se dá pra não se envolver, por que fazer algo?

Sidnei Oliveira

E aquilo está lá, aguardando uma intervenção que altere a sua realidade, no entanto, nada acontece, tudo se mantém como está, nada muda, apenas o tempo que teima em continuar sua jornada, agindo no mesmo ritmo, segundo após segundo, consumindo aquilo que aguarda algum tipo de ação. Depois que uma quantidade suficiente de tempo se passa, inevitavelmente a realidade é alterada e nada mais pode ser feito para interferir, apenas aceitar.

Se “aquilo” for algo que afeta a sua vida, pode ser bastante difícil lidar com a nova realidade, pois o resultado provocado pela ação do tempo pode não estar nem um pouco alinhado com as suas expectativas.