Propósito e motivação. Como encontrar satisfação no trabalho? | EXAME.com
São Paulo
Germano Luders
Carregando

Propósito e motivação. Como encontrar satisfação no trabalho?

Danilo España

Hoje ficamos extremamente felizes em ver publicada na Edição de Aniversário da Você S/A parte da pesquisa que realizamos no Brasil logo após o nosso retorno da viagem. Alguns dados que levantamos foram utilizados para ilustrar – na matéria de capa – que o propósito é uma das maiores motivações dos brasileiros atualmente.

Nosso questionamento sobre o que motiva as pessoas começou há alguns anos no Brasil, mas foi fora do país que aconteceu uma investigação prática do assunto por meio do Walk and Talk. Descobrimos a importância de se encontrar um propósito para a vida e que realmente existe uma preocupação de muitos em deixar um legado para o mundo que habitamos – essa inclusive foi uma das nossas motivações para realizar essa jornada.

O engajamento na busca por um propósito está aumentando, se tornando parte importante da realidade atual. A dificuldade para enfrentar esse desafio se dá porque ao nosso redor se estabeleceu um ambiente complexo, difícil de lidar no âmbito pessoal e profissional. Muitos tentam juntar fonte de renda com o que realmente gostam de fazer abandonando cargos que não dizem respeito aos seus princípios e crenças. No caso de colaboradores e líderes das corporações a tentativa de encontrar esse elo se dá de maneira crescente, seus trabalhos precisam fazer algum sentido além de receberem um salário.

Como a segunda maior fonte de motivação identificada na nossa pesquisa é “Acreditar nos próprios sonhos” fica difícil para as empresas auxiliarem ou possibilitarem a realização desses sonhos, mas não é uma tarefa impossível. Escutar os anseios dos trabalhadores pode ser uma das mais poderosas ferramentas, propor modelos colaborativos de gestão também pode minimizar o desgaste com imposições, que nem sempre são os métodos mais produtivos e saudáveis.

O trabalho deve ser no mínimo estimulante, as pessoas se motivam por aprender, isso ficou claro com outros dos dados da pesquisa que dizem que os maiores níveis de desmotivação são encontrados nas pessoas com a escolaridade incompleta, qualquer que seja o nível: ensino fundamental, médio, nível superior ou pós-graduação. Se não importa o nível de escolaridade é claro que a educação também se dá na empresa, onde a continuidade de aprendizados acontece, seja através dos desafios positivos nas tarefas ou em cursos, workshops, treinamentos, etc.

Mas como conseguimos obter mais de 4200 respostas de pessoas do Brasil todo?  Não fomos de cidade em cidade perguntando como fizemos pelo mundo, utilizamos uma plataforma online para isso. A empresa LeadPix Survey – Pesquisa e Inteligência de Marketing do Rio de Janeiro possui os mecanismos tecnológicos para tal e Cristina Panella Planejamento e Pesquisa de São Paulo tabulou todos os resultados para se tornarem intelígives. Nós do Walk and Talk desenvolvemos as perguntas que foram feitas aos entrevistados com base em tudo que ouvimos e nas nossas experiências ao redor do mundo com o tema.

Se alguém tiver interese em mais dados ou pontos específicos da pesquisa entre em contato com um de nós.

E você, já encontrou o seu propósito?

 Por Danilo España

 Clique para saber mais sobre o Walk and Talk.

Comentários