Zuccardi | EXAME.com
São Paulo
Germano Luders
Carregando

Zuccardi

Eugenio Echeverria

Algumas empresas destacam por fazer bons negócios, gerar emprego e entregar lucros aos acionistas, a função primordial de um empresário de sucesso. Mais na minha humilde opinião, um bom empresário deve ser aquele que além de cumprir com o paragrafo anterior transcende e destaca pelo seu carisma, atitudes, personalidade e coloca um selo pessoal a sua trajetória e seus afazeres diários, gerando uma experiência inesquecível a colaboradores, clientes e consumidores.

Fazer um vinho qualquer um pode produzi-lo, mais provocar o prazer de bebê-lo, que o mesmo gere uma recordação, satisfação e uma experiência, são desafios que não qualquer produtor do mundo e capaz de alcançar.

Recentemente tive o privilegio de fazer uma viagem de negócios na região de vinhos argentina de Mendoza, a mais importante na produção de vinhos finos e uma das 10 capitais de vinhos do mundo, atrás de Bordeaux, Porto, Napa ou Rioja, entre outras!

A pouco tempo a companhia brasileira Gol adicionou dentro de seus destinos, Mendoza, como novo roteiro vitivinícola, cientes da importância que o vinho esta adquirindo nos paladares brasileiros.

Visitei a Vinícola familiar de renome Zuccardi que tem a sua frente à Jose Antonio Zuccardi conhecido entre os amigos como “Pepe”, segunda geração da família, atual Presidente.

Após o falecimento recente do fundador o engenheiro Alberto Zuccardi, famoso pelas suas técnicas avançadas de irrigação na região usadas ate hoje, Jose Alberto assume como Diretor Executivo e que junto a seus três filhos, manejam as três unidades de  negocios.

Julia sua filha, e a responsável de varias unidades de negócios na área da hospitalidade: 2 restaurantes, mais 3 lojas que comercializam os produtos da empresa como vinhos e azeites, além dos roteiros turísticos. Os mesmos devem se autofinanciar sem gerar gastos extras a operação. Mais detalhes http://www.casadelvisitante.com/

Miguel o caçula e o responsável de toda a plantação, cultivos e produção do azeite de oliva, hoje uma das maiores extensões de oliveiras da Argentina, com variedades italiana Frantoio proveniente da região da Toscana , espanhola Changlot de Valencia e Criolla ou Arauco, parece ser a azeitona que trouxeram os espanhóis na colônia que se chama igual a variedade de uva na Argentina, pois na Califórnia se chama Mission igual a uva. Mais detalhes http://www.aceitesvarietales.com

Sebastian o mais velho dos filhos e o enólogo, responsável da renovação e inovação dos últimos cinco anos, em vinhedos, solos, plantações, técnicas novas de vinificação preservando o terroir e as origens dos vinhedos. Três marcas destacam Zuccardi, Santa Julia e Malamado.

Um amigo Master of Wine me comentou semana passada no Rio de Janeiro, Sebastián e um daqueles profissionais que estão sempre abertos a ouvir, a incorporar novas variedades que deram certo em outras regiões do mundo, a estudar o solo em todos os detalhes e questionando tudo sempre, procurando aprimorar em forma constante.

Provei um Torrontés fresco e aromático com um equilíbrio sensacional que combinou perfeito com umas brusquetas de tomates orgânicos e saladas de folhas verdes.

Me chamou muito a atenção tambem um Tempranillo da linha Q Zuccardi perfeitamente equilibrado e harmônico, frutado, de boa acidez e álcool na perfeita medida, como e bom saber que não e só a Espanha e Portugal que produzem esta casta com qualidade! Todos os detalhes da vinícola http://www.familiazuccardi.com/home.php

Hoje se vendem aproximadamente 27 milhões de litros de vinho, sendo 50% para exportações a mais de 40 mercados e o restante e comercializado no mercado interno.

Rótulos inovadores, marcas que destacam pelo seu apelo a família com a “Z”; como um selo que e destacado na maioria das marcas caraterística da família Zuccardi.

Não atoa hoje a Zuccardi e reconhecida como uma das bodegas que de melhor forma entenderam a evolução da qualidade nos vinhos e a busca pela inovação além do Malbec e Torrontes.

Salud Che Querido y sigamos asi!

Comentários