Blog do Management

30.01.2013 - 08h20

Projeto SmartCity promete deixar a cidade “mais inteligente”

Embora a capital chilena, Santiago, seja considerada moderna, a desigualdade social elevada e as altas taxas de poluição fizeram com que o governo e empresas privadas repensassem a cidade para torná-la mais eficiente energicamente e reduzir a pegada de carbono. É o SmartCity Santiago, projeto que visa tornar a cidade chilena mais “inteligente”.

O projeto SmartCity Santiago está sendo idealizado pela Chilectra, empresa pertencente ao grupo espanhol Endesa, que realizou vários projetos desse tipo nas cidades de Barcelona, Bari, Gênova, como nas brasileiras Búzios e Curitiba.

Entre as principais ações da iniciativa constam:

  • Otimização da iluminação pública – desde a implantação de luminárias LED, monitoradas para melhorar a eficiência de seu uso, até outros aplicativos, como sinais luminosos nas pistas, câmeras de vigilância e pontos de acesso wi-fi gratuitos;
  • Transporte elétrico – na cidade, haverá uma frota de ônibus elétricos funcionando dentro da Cidade Empresarial, além de várias estações de recarga elétrica para carros particulares e táxi.
  • Eficiência energética – módulos solares serão instalados nas residências, além de sistemas de automação de rede de distribuição elétrica residencial e pública.
  • Gestão – gerenciamento remoto e mensuração de todos os sistemas estão previstos na cidade, incluindo medidores inteligentes para todos os edifícios: comerciais e residências.

O projeto, que conta com o investimento de US$ 10 milhões, está previsto para ser finalizado até o final de 2013.

Transporte

Um projeto semelhante, pensando o desenvolvimento urbano do centro da cidade, é a Zona Verde para Transporte em Santiago (ZVTS), desenvolvido pelo Ministério do Meio Ambiente em conjunto com a Embaixada Britânica.

O programa inclui políticas de promoção para a compra de veículos públicos e privados, além da implementação do sistema de empréstimo de bicicletas, o desenvolvimento de ciclovias e ruas para pedestres. Assim, procura-se reduzir a poluição que hoje persegue a cidade, mas também integrar diferentes meios de transporte e melhorar as rotas para torná-los mais inclusiva.

Comentários (0) 

  • Termo de uso | Comentários sujeitos a moderação
Expandir todos os 0
Editora Abril

Copyright © Editora Abril - Todos os direitos reservados