São Paulo
Germano Luders
Carregando

Cesta básica – desoneração desastrosa

Paulo Costa

A desoneração de PIS e Cofins de oito produtos da cesta básica, decidida pela Presidenta Dilma Rousseff, revelou-se um desastre em sua relação custo-benefício. Anunciada com toda a pompa, como se fosse salvadora de um dos problemas centrais da economia brasileira, o controle da inflação, mostrou-se inócua, até agora (e tudo indica que vai continuar a sê-lo).

Na verdade foi mais uma trapalhada da equipe econômica. Em primeiro lugar porque – mesmo que o Governo conseguisse impor  à cadeia empresarial uma obrigatoriedade de repassar ao consumidor final ao menos parte do benefício que está sendo concedido - seu impacto nos números globais é insignificante .

Em segundo lugar porque, concomitantemente a esta medida, o mesmo Governo autorizou o aumento do preço do óleo diesel, que afeta praticamente todas as áreas de atividade produtiva do País (incluindo os tais oito elementos da cesta básica…) e os consumidores em geral. O diesel é utilizado no modal rodoviário, principal meio de transporte no País, e nos equipamentos agrícolas, impactando todo o custo de produção de alimentos. Uma incoerência inexplicável!

Foi também um grande erro de marketing. Da maneira como foi anunciada a medida, ficou a impressão para a população que sua conta de supermercado iria cair de pronto. Muito mais eficiente, como ato mercadológico, teria sido o anúncio da desoneração como uma medida para baixar o preço dos produtos básicos beneficiando as classes mais pobres. Ponto final.

Fica a impressão que a grande culpada por estas confusões que estão ocorrendo é a antecipação da data pré eleitoral visando as eleições majoritárias do ainda distante 2014. Os palanques já estão armados, com o senador Aécio Neves, a ex-candidata Marina Silva e o possível candidato Eduardo Campos, Governador de Pernambuco, tratando abertamente do tema. A Presidenta Dilma vê-se forçada a entrar na disputa, misturando as coisas, mesmo ciente de que decisões econômicas não flertam com campanha eleitoral.

Melhor se aconselhar com o ex-Presidente Lula, mestre nesta arte, cara Presidenta. Faça-o logo, antes que troque os passos irremediavelmente, como nosso outro ex-Presidente, Jânio Quadros.

Comentários
A seção Blogs é melhor vista nas versões recentes dos browsers Chrome, Firefox, Safari e Internet Explorer. Não funciona no IE na versão 8 ou inferiores.