BioAgroEnergia

06.12.2012 - 07h04

Biotecnologia/Cana-de-Açúcar – CTC, um centro de excelência

Em conferencia realizada em São Paulo, o Centro de Tecnologia Canavieira, mundialmente famoso CTC de Piracicaba/SP, mostrou que temos muita coisa fantástica criada neste nosso País de incontáveis talentos em incontáveis setores. 

Criado em 1969, por iniciativa de um grupo de usinas da região, sempre teve o objetivo de investir no desenvolvimento de variedades mais produtivas de cana-de-açúcar e agregar qualidade à produção de açúcar e álcool.  O CTC tornou-se de há muito referencia global em pesquisa e desenvolvimento da tecnologia da cana. Nesse período de vida, o ganho de eficiência foi inegável: a produtividade da cana-de-açúcar aumentou cerca de 40%, o rendimento agroindustrial saltou de 2.6 mil para mais de 7 mil litros de etanol por hectare, enquanto o custo de produção caiu vertiginosamente.

O Cana Show 2012, pela primeira vez realizado na Capital, trouxe grandes novidades, mostrando o desenvolvimento de programas de biotecnologia do CTC, além de apontar os avanços nas pesquisas do etanol de segunda geração. Ponto alto do encontro foi o anúncio de um novo programa de melhoramento genético, que reduz para oito anos (antes 14) o tempo de desenvolvimento de novas variedades do CTC. Além disto foram lançadas três variedades especificamente criadas para o plantio da cana-de-açúcar no Cerrado brasileiro, adaptadas às condições de solo e clima da região. Também foi anunciado que a produção comercial do etanol celulósico da cana deverá começar na safra 2016/7 – auspiciosa notícia, enorme avanço.

O fato marcante é que neste neste momento de intensa crise no setor canavieiro, o nome do jogo que vai mudar o rumo da história é “competitividade mais produtividade”. Nosso parque industrial, particularmente no Centro Sul do Brasil, está trabalhando com alto índice de ociosidade, por motivos que conhecemos. É preciso larga renovação dos canaviais e isto tem que ser feito usando novas variedades. Hoje o plantio e a colheita (corte) da cana são feitos de forma mecanizada e a queima da palha estará completamente proibida em breve. Com isto as variedades devem acompanhar esta nova realidade e o papel do CTC ganha uma importância tão grande quão grandiosa é sua história.

Nestas ocasiões, assistindo a qualidade profissional das pessoas envolvidas no próprio CTC e as que acompanham este tipo de evento, a gente fica com orgulho de ser brasileiro. Um exemplo da iniciativa privada brasileira a ser admirado e seguido.

Foto: Sensor de folhas em planta da cana-de-açúcar, encontrada em commons.wikimedia

Comentários (0) 

  • Termo de uso | Comentários sujeitos a moderação
Expandir todos os 0
Editora Abril

Copyright © Editora Abril - Todos os direitos reservados