Uma ideia vale mais do que a execução?

Especialista fala se adianta ter uma ideia muito boa e não saber como executar

Uma ideia vale mais do que a execução?

Respondido por Cassio Spina, especialista em startups

Muitos empreendedores acreditam que a ideia é fator mais importante para o sucesso. Muitas vezes, ficam procurando a ideia genial, aquela que acham que será a fórmula perfeita. A má notícia é que a ideia em si vale muito pouco, para não dizer nada.

Uma forma de avaliar o valor de uma ideia é o que ela pode gerar de resultado prático. É bem simples perceber que uma ideia sozinha não faz nada, somente quando for executada é que poderá ter algum resultado efetivo.

Alguns poderão pensar que mesmo assim, uma ideia genial poderia valer alguma coisa. Mas será que em um planeta com mais de 7 bilhões de pessoas ninguém teria tido esta ideia antes? A resposta óbvia é que provavelmente sim. O que faz a diferença de ter a ideia antes é apenas se você executar antes dos outros e com sucesso a ponto de conquistar um market-share significativo rapidamente. Caso contrário, se alguém tiver a mesma ideia que você e for mais rápido, pouco valerá.

É bom lembrar também que ideias não são passiveis de proteção intelectual, pois patentes são somente aplicáveis a invenções e modelos de utilidade. Também destaco a frase de um grande empreendedor, que afirma “nunca ter tido qualquer ideia”; ele simplesmente pegou negócios já existentes e fez com que se transformassem em grandes empresas.

Não perca tempo somente tendo ideias, parta para a execução e se você não sabe como fazer, ache quem saiba, contrate ou faça uma sociedade.

Cassio Spina

 

Cassio A. Spina foi empreendedor por 25 anos, é investidor-anjo e fundador da Anjos do Brasil.

Envie suas dúvidas com a palavra startups no assunto da mensagem paraexamecanalpme@abril.com.br