Startup que faz carne em laboratório é nova aposta de Bill Gates

Atualmente a empresa já conseguiu produzir almôndegas, filé de frango e carne de pato sem os animais.

 

São Paulo – A startup Memphis Meat, baseada no Vale do Silício, conseguiu recentemente levantar um aporte de peso – foram 17 milhões de dólares na rodada série A da companhia, de acordo com o Business Insider. Dentre os nomes que decidiram apoiar o negócio estão ninguém menos que Bill Gates e Richard Branson.

E o que faz essa empresa aparentemente tão promissora? Carne. Em laboratório.

O negócio foi fundado em 2015 pelo cardiologista Uma Valeti, o pesquisador Nicholas Genovese e o engenheiro Will Clem, e atua num ponto importantíssimo para a economia e o ecossistema do planeta. Afinal, se o consumo de carne da humanidade continuar como está, em 2050 será necessário produzir 259 toneladas de proteína animal por dia, segundo um relatório da ONU de 2012.

Pegue esse número e multiplique pela quantidade de água e terras necessárias para essa produção, some a isso as emissões de gases de efeito estufa envolvidas e você perceberá que o negócio da Memphis não é apenas uma aventura vegetariana.

Frango empanado produzido pela Memphis Meat em laboratório

Frango empanado produzido pela Memphis Meat em laboratório (Foto//Startup que faz carne em laboratório é nova aposta de Bill Gates/Divulgação)

“Nós amamos carne. No entanto, a forma como a carne convencional é produzida hoje cria um desafio para o meio ambiente, o bem-estar dos animais e a saúde humana”, diz o site do negócio. O texto afirma ainda que o processo da startup requer 90% menos terras, água e emissão de gases de efeito estufa do que o modelo tradicional de produção.

Apesar dos argumentos convincentes, trocar um bife original por um genérico é um desafio para os amantes de carne. Afinal, não é fácil reproduzir a textura e o sabor de uma picanha no alho. Por isso, diferente de outras iniciativas que usam vegetais, a proposta da startup é produzir carne em laboratório, a partir de células de animais.

Atualmente a empresa já conseguiu produzir almôndegas, filé de frango e carne de pato sem os animais. O produto é chamado de “carne limpa” pela empresa.

Em vídeo divulgado pela startup, há o relato de quem experimentou o frango empanado da Memphis pela primeira vez. “Tem gosto de frango. É um dos melhores frangos fritos que eu já comi.”

Se a proposta da startup der certo, os animais e o planeta com certeza agradecem. E Bill Gates ficará um pouco mais rico.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s